Câmara  Municipal  vota parcelamento  da  dívida do Município ao IMP em Mantena   

De acordo com o contato feito pelo Presidente da Casa,  Robério do Sindicato,  ao Jornalismo Mantena Online, a reunião extraordinária foi agendada para quinta feira, (12),  quando a Câmara Municipal de Mantena vota a partir das 9 horas  o Projeto de Lei  protocolado pelo Prefeito João Rufino requerendo o parcelamento da dívida do Município ao IMP – Instituto Municipal de Previdência.

Se calou: O vereador Genivaldo Assis encabeçou os protestos que tiveram objetivos políticos servindo para deixar os servidores contra o ex-prefeito Dr. Wanderson Coelho e também para angariar votos para sua eleição e consequentemente uma cadeira no legislativo. Foto: Rogério Augusto

A referida dívida  foi muito badalada pelos  servidores municipais no pleito passado quando o vereador Genivaldo Assis  encabeçou  os protestos que tiveram  objetivos políticos  servindo  para deixar os servidores  contra o ex-prefeito Dr. Wanderson  Coelho  e também para angariar votos para sua  eleição e consequentemente   uma cadeira no legislativo,  fato este  que  aconteceu, porém, desde que assumiu a um ano e quatro meses atrás  o vereador parece que havia se esquecido  e se calou sem pronunciar e nem procurar as rádios locais  com ênfase como fazia antes da eleição do prefeito que apoiava continuando  assim a fazer  o  uso de  “politicagem”, agora o fato só voltou  à tona  por necessidade  da Prefeitura Municipal através do seu gestor  que precisa  definir  urgentemente  a situação e entrou com um Projeto de Lei  requerendo  o parcelamento.