Campanha dos Correios para atender pedidos de Natal termina hoje

Objetivo da Campanha Papai Noel dos Correios 2017 é responder às cartas das crianças que escrevem ao bom velhinho e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes daquelas que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Interessados podem buscar as cartas em 40 agências


Candidatos a Papai Noel escolhem cartas na agência dos Correios da Avenida Afonso Pena: prazo para participar termina hoje(foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)
Quando o momento de o bom velhinho descer pela chaminé, entrar pela janela, tocar a campainha ou, simplesmente, aparecer misteriosamente se aproxima, é hora também de as crianças prepararem seus pedidos. E engana-se quem pensa que os brinquedos reinam na lista de desejos para o Natal. Nela, solicitações singelas, inusitadas ou quase de socorro permeiam o universo das cartas endereçadas a Papai Noel. Já prorrogada, a campanha dos Correios para atender pedidos de presentes de meninos e meninas em situação de vulnerabilidade sócial termina hoje.
O objetivo da Campanha Papai Noel dos Correios 2017 é responder às cartas das crianças que escrevem ao bom velhinho e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes daquelas que se encontram em situação de vulnerabilidade social. A campanha contempla, além das cartas das crianças que escrevem diretamente ao Papai Noel, também aquelas de estudantes das escolas da rede pública e de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos.

A adoção na campanha é feita da mesma maneira em todo o Brasil: as cartas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas. Em seguida, são disponibilizadas na casa do Papai Noel ou em outras unidades da empresa. As cartas ficam disponíveis apenas nos locais indicados pela empresa. Os presentes são recebidos nos pontos divulgados pelos Correios para que posteriormente a entrega seja feita no próprio fluxo postal.

De acordo com o analista Wanderley Rinaldo Venturini Filho, da coordenação da campanha, os Correios receberam este ano 153 mil cartas em Minas Gerais, sendo 38 mil em Belo Horizonte. O número é mais que o dobro do ano passado, quando foram recebidas 71 mil cartas em todo o estado, das quais 16,4 mil na capital. Até o fim da noite de quarta-feira, haviam sido adotadas 75 mil correspondências endereçadas ao papai Noel, sendo 26 mil delas em BH.

Na capital, os interessados podem buscar as cartas em 40 agências. Amanhã e domingo, as unidades do BH Shopping e shoppings Del Rey, Cidade e Via Barreiro estarão abertas, das 14h às 20h, exclusivamente para a adoção de cartas e entrega de brinquedos. Ainda segundo Venturini, os pedidos mais comuns são de carrinhos, bonecas e material escolar. Nos últimos três anos, foram recebidas mais de 2,5 milhões de cartas destinadas ao Papai Noel dos Correios.

Informações: https://blog.correios.com.br/papainoeldoscorreios e pelos telefones 3003-0100 (BH e região metropolitana) e 0800 725 7282 (interior do estado)

COMPARTILHAR