Campeão do gelo, desastre histórico e taças recentes: o Galo nos anos de Copa do Mundo

Atlético planeja temporada de 2018 para retomar caminho das conquistas

Otto Metelmann/O Cruzeiro/EM/D.A. Press; Arquivo/Estado de Minas; Rodrigo Clemente/EM/D.A. Press

A Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia, tem início no dia 14 de junho e vai até 15 de julho. A competição acontece no meio da temporada brasileira, o que ocasiona uma pausa forçada no trabalho dos clubes. 

Os resultados do Atlético em anos de Copa do Mundo variam. Em 1950, o time realizou a famosa excursão à Europa e venceu seis jogos dos 10 disputados no Velho Continente. Voltou ao Brasil como ‘Campeão do Gelo’. Em 2006, o time vinha de reconstrução e foi campeão da Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro. Em 2014, o time conquistou a Copa do Brasil e a Recopa Sul-Americana, dois títulos inéditos para o clube.

Confira as temporadas do Atlético em anos de Copa do Mundo

2014 -Brasil

Juarez Rodrigues/EM/D.A. Press

O último ano de Copa do Mundo reservou ao atleticano boas experiências. A torcida comemorou os inéditos títulos da Copa do Brasil e da Recopa Sul-Americana, com as conquistas consumadas diante de Cruzeiro e Lanús-ARG, respectivamente. O Galo ainda foi vice-campeão do Campeonato Mineiro e quinto lugar no Brasileirão, mas saiu nas oitavas de final da Libertadores, para o Atlético Nacional-COL.

2010 – África do Sul
Em 2010, o time teve um ano irregular. Campeão mineiro, o Galo foi inconstante no restante da temporada. O time terminou o Brasileirão na 13ª posição, foi eliminado nas quartas de final da Copa do Brasil para o Santos, e na mesma fase da Sul-Americana para o Palmeiras.
2006 – Alemanha
Paulo Filgueiras/EM/D.A. Press

Em ano de reconstrução após o rebaixamento para a Segunda Divisão nacional, o Atlético começou o ano amargando uma eliminação na semifinal do Campeonato Mineiro para o Cruzeiro. Ainda foi eliminado pelo Flamengo, nas quartas de final da Copa do Brasil. Entretanto, conseguiu o retorno à elite brasileira com o título da Série B.

2002 – Coreia do Sul/Japão
O Galo não disputou o Campeonato Mineiro em 2002, mas jogou o Supercampeonato Mineiro e ficou em quarto lugar na competição, que teve cinco equipes. A equipe alvinegra caiu na semifinal da Sul-Minas para o Cruzeiro. Na Copa do Brasil, o time caiu para o Brasiliense também na semifinal. Pelo Brasileirão, o time foi eliminado pelo Corinthians, nas quartas de final.
1998 – França
O Atlético começou a temporada sendo eliminado nas oitavas de final da Copa do Brasil, para o Paraná. Após a eliminação precoce na copa doméstica, foi vice-campeão do Campeonato Mineiro, ao ser derrotado pelo Cruzeiro. Saiu na semifinal da Copa Conmebol, ao ser eliminado pelo Rosario Central-ARG. Terminou em nono lugar a primeira fase do Brasileirão, sem se classificar para os mata-matas.
1994 – Estados Unidos
Em 1994, o Atlético começou a temporada sendo vice-campeão do Campeonato Mineiro, ao ser derrotado pelo Cruzeiro. Pela Copa do Brasil, foi eliminado nas quartas de final para o Vasco. No Brasileirão, o Galo foi eliminado na semifinal para o Corinthians.
1990 – Itália
Após ser campeão do segundo turno do estadual, o Atlético foi derrotado pelo Cruzeiro na grande final do Campeonato Mineiro. Pela Copa do Brasil, foi eliminado nas quartas de final para o Goiás. No Brasileirão daquele ano, foi eliminado para o Corinthians nas quartas. 
1986 – México
O clube alvinegro se sagrou campeão do Campeonato Mineiro, vencendo os dois turnos da competição. No Brasileirão de 86, o Atlético caiu na semifinal para o Guarani.
1982 – Espanha
O Atlético se sagrou campeão do Campeonato Mineiro ao vencer o octogonal final do torneio. Pelo Brasileirão, o Atlético não se classificou para os mata-matas ao terminar em terceiro colocado do Grupo K, na Segunda Fase. Na classificação geral, terminou em 19º.
1978 – Argentina
Arquivo/EM/D.A. Press

O histórico Brasileirão de 1977 foi decidido apenas em março de 1978. Apesar de terminar o campeonato sem perder nenhuma partida, o Atlético foi vice-campeão ao empatar com São Paulo e ser batido nos pênaltis, num Mineirão lotado. Pelo Brasileirão de 78, o Galo saiu na Segunda Fase ao terminar em sétimo lugar no Grupo A e não avançar na competição. Na classificação geral, foi o 34º colocado. Na Libertadores, o time saiu na fase semifinal, ao terminar em terceiro no Grupo A. Ainda foi campeão da Copa dos Campeões, ao derrotar o São Paulo na final. O Atlético também se sagrou campeão estadual ao vencer o quadrangular final da competição, que teve fim apenas em 1979.

1974 – Alemanha Ocidental
O Galo começou a temporada sendo vice-campeão do Mineiro, ao terminar o octagonal final em segundo. Já no Campeonato Brasileiro, o time não passou da Segunda Fase ao terminar em terceiro do Grupo 2. Terminou em sétimo na classificação geral.
1970 – México
No ano do tricampeonato mundial no México, o Atlético venceu o Campeonato Mineiro. No Torneio Roberto Gomes Pedrosa (equivalente ao Brasileirão), o Atlético chegou até o quadrangular final, mas terminou em terceiro.
1966 – Inglaterra
O Atlético foi vice-campeão do Campeonato Mineiro em 1966, ao terminar como segundo colocado na tabela de classificação. O Galo não disputou a Taça Brasil daquele ano.
1962 – Chile
O ano do bicampeonato mundial do Brasil reservou ao Atlético o título do Campeonato Mineiro, quando o time venceu o Cruzeiro em jogos finais de desempate.  O Galo não disputou a Taça Brasil de 1962.
1958 – Suécia
Em 1958, o Atlético se sagrou campeão do primeiro turno do estadual e venceu o América, campeão do segundo, na grande final do Campeonato Mineiro.
 
1954 – Suíça
Em um Campeonato Mineiro longo, o Atlético se sagrou campeão ao derrotar o Cruzeiro na final, que foi disputada apenas em 1955.
1950 – Brasil
Arquivo/EM/D.A. Press

Em sistema de pontos corridos, o Atlético venceu o Campeonato Mineiro ao liderar a competição. O vice-campeão foi o Siderúrgica, e a competição teve fim em 1951. O ano de 1950 ficou marcado como o ano da excursão atleticana à Europa, no qual passou por Alemanha, Bélgica, Áustria, Luxemburgo e Bélgica. Nos 10 jogos disputados na Europa, venceu seis, empatou dois e perdeu duas vezes. O Galo voltou ao Brasil como ‘Campeão do Gelo’.

1938 – França
O Atlético se sagrou campeão do Campeonato Mineiro de 1938, ao terminar em primeiro colocado na tabela.
1934 – Itália
O Atlético terminou em segundo lugar do Campeonato de Belo Horizonte e não se classificou para a grande final do Campeonato Mineiro daquele ano.
1930 – Uruguai
O Galo desistiu de disputar o Campeonato Mineiro com a competição ainda em andamento.
COMPARTILHAR