Clube FM  levou o empate de Nacional X Santa Rita no Dia dos Trabalhadores em Mantena

Segundo o narrador Marcelo Santos, o dez do rádio, o Nacional  usou de velocidade e muita marcação para  parar o favorito Santa Rita  e  o 0X0 acabou frustrando a torcida que compareceu ao Estádio Municipal Rafael de Carvalho quando todo o Brasil comemorava   no Dia do Trabalhador.

Para o narrador  Marcelo Santos o Nacional  deve dar trabalho aos próximos adversários – Foto: Divulgação/Clube FM

Fonte/fotos: Marcelo Santos/Show de Esporte

Um time de guerreiros e verdadeiros trabalhadores dentro de campo,  um time cheio de vontade, assim vimos na noite da terça feira a equipe do Nacional em campo diante do Santa Rita, era a estreia dos dois times na competição e muita expectativa rondava o time do interior que com dinheiro em caixa  e com boas contrações  estava pronta para chegar no Rafael de Carvalho e  começar  bem a competição, mas, futebol é dentro de campo,    com  o  Nacional chegando  para a partida com muita vontade e total entusiasmo mudou o panorama da partida,  a equipe do Nacional  demonstrou dentro de  campo ser  um time cheio de vontade e quem tem um grande trunfo, o time jogou com o coração reverenciando  o   amor  dos seus comandantes, Fernando e Manoel Mosquito,   que fazem  do Nacional uma verdadeira paixão.

O dez do rádio analisou a performance do Nacional no empate por 0x0 contra o Santa Rita no Municipal de Mantena – Foto: Divulgação/Clube FM

Um time coeso dentro de campo

Um time organizado dentro e fora de campo credencia o Nacional a brigar por uma vaga na próxima fase. O time mostrou um ataque rápido com dois Thiagos, destaque para o Tiaguinho de Mantena que com muita velocidade e jogando em prol da equipe mostrou total dedicação com a camisa do Nacional, sempre parado com falta diante de sua velocidade e muito das vezes com dribles rápidos e sempre com uma direção, o gol.

A equipe ainda conta com o bom goleiro Igor que é da cidade de Águia Branca e que mostrou firmeza quando acionado. Nas laterais Ananias e Johabe  também deram o que podia pela equipe na partida de estreia, o mesmo podemos dizer de um meio campo forte com Hernandes como sempre muito firme na marcação, meio campo este que contou ainda com Breno e Fernandinho e Maike.

A zaga teve a segurança de Valdinei que vive uma grande fase e vem de titulo na temporada passada com a camisa do Grêmio. E fechamos uma palavra chave no futebol, organização, isso é que faz a grande diferença no futebol amador. Uma coisa é certa o Nacional vem ai e deve dar trabalho aos próximos adversários.

COMPARTILHAR