Cobras venenosas invadem residências  e assustam moradores  em Mantena

No Programa Show da Manhã  pela Rádio 13 de Junho  o  locutor Marcelo Santos tem recebido várias denúncias , também  pelas Redes Sociais a população reclama que falta um órgão para atende-los e quando procuram a solução do problema a administração não tem dado retorno necessário  deixando sem respostas inúmeras perguntas que surgem nesta hora.

Pelas Redes Sociais o tema virou uma ampla discursão, mata-las é proibido pelo IBAMA, então como proceder nestas horas, caso animais como esses apareçam em casa, a orientação é evitar colocar as mãos neles e só se aproximar para espantá-los, sem machucar. “Só no mês de janeiro deste ano encontramos cinco cobras, no mês de dezembro foram sete no total, duas dentro da minha varanda e meu filho de apenas dois anos chegou a puxar o rabo de uma delas só que quando ela preparava o bote nele consegui pega-lo e sair correndo do local” relatou a internauta Angella  Fagundes.

O certo é que os moradores de Mantena  estão assustados após o aparecimento de cobras venenosas  em diversas residências. Neste mês de janeiro/2017  um alto número de serpentes foram encontradas  deixando a  população em pânico e sem saber o que fazer neste momento.

 Muitas reclamações também quanto ao atendimento dado pela Prefeitura Municipal que não dispõe de uma informação correta para os moradores  e os  órgãos  competentes parece que tem fechado os olhos e cruzados os braços ao fato “Quando telefonamos para pedir providências quanto as áreas sujas e com matagal estão nos respondendo que a culpa são dos proprietários de lotes vagos que não limpam e propiciando   condições para o aparecimento das cobras e de outros insetos, o que queremos é que  seja montado uma equipe  com diversas ações colocando a situação como de risco e de emergência”, reiterou um representante de associação de bairros.

 

O que fazer quando encontrar uma cobra em casa?

Relatos de serpentes sendo encontradas nas proximidades de residências, quer seja na cidade ou no campo, estão sendo frequentes em Mantena. Quando isso acontece as pessoas ficam em geral amedrontadas, em estado de pânico. Não é incomum também sempre ter alguém valente que, lançando mão de um bom tacape, quer acertar a todo custo o bicho. Neste caso a cabeça do animal é a parte visada, pois acreditam que uma serpente só morre quando acertada a cabeça do animal (o que é um mito).

Aproveitamos aqui para lembrar que segundo artigo 29 da Lei nº 9.605/1998 matar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização é passível de punição com detenção de seis meses a um ano, e multa.

Mas então o que fazer no caso de um encontro com uma serpente no ambiente urbano ou rural? O recomendado é que você entre em contato com os bombeiros (através do telefone 193) ou a Polícia Florestal (através do telefone 190) de seu estado para que eles possam fazer a devida remoção do animal e encaminha-lo para a autoridade competente. Deste modo não há nenhum risco de ocorrer um acidente ofídico caso a espécie seja venenosa ou da pessoa incorrer em um crime ambiental ao matar o animal.

COMPARTILHAR