Expressão nacional, polêmicas e glórias: o Cruzeiro nos anos de Copa do Mundo

Cruzeiro venceu o Mineiro e o Brasileirão no último ano de Mundial

O Cruzeiro/EM/D.A. Press; Wagner Carmos/Vipcom; Rodrigo Clemente/EM/D.A. Press

A Copa do Mundo de 2018, disputada na Rússia, tem início no dia 14 de junho e vai até 15 de julho. A competição é disputada no meio da temporada brasileira, o que ocasiona uma pausa forçada no trabalho dos clubes. O Cruzeiro, nos últimos dois anos de Mundial, fez excursões pelos Estados Unidos para manter o preparo e ritmo de jogo.

 

Os resultados do Cruzeiro em anos de Copa do Mundo variam. Em 1966, o clube se mostrou para o país ao ser campeão nacional diante do Santos, enquanto em outros anos, como em 1974 e 2010, teve problemas no Brasileirão e foi vice-campeão.

Confira as temporadas do Cruzeiro em anos de Copa do Mundo:

 

2014 – Brasil

 

Rodrigo Clemente/EM/D.A. Press
O último ano de Copa do Mundo foi bom para o torcedor cruzeirense. A temporada começou com o título do Campeonato Mineiro, mas a equipe caiu nas quartas de final da Libertadores para o San Lorenzo-ARG. O time ainda foi vice-campeão da Copa do Brasil, ao ser derrotado pelo Atlético na final, mas se sagrou tetracampeão do Brasileirão em 2014.
2010 – África do sul
Jorge Gontijo/EM/D.A. Press

O ano de 2010 foi inconstante para a Raposa. Eliminado na semifinal do Campeonato Mineiro para o Ipatinga, o time também caiu na Libertadores, nas quartas de final, para o São Paulo. No Brasileirão, após boa campanha, mas com polemcias em relação à arbitragem, o time foi vice-campeão, terminando em segundo lugar na tabela de classificação.

2006 – Alemanha
O Cruzeiro começou a temporada de 2006 sendo campeão mineiro, ao derrotar o Ipatinga na final da competição. Ainda naquele ano, o time amargou as eliminações na Copa do Brasil, derrotado pelo Fluminense nas quartas de final, e na Sul-Americana, superado pelo Santos ainda na Segunda Fase do torneio continental. No Brasileirão, após bom começo, o time não manteve a regularidade e terminou em 10º colocado.
2002 – Coreia do Sul/Japão
Jorge Gontijo/EM/D.A. Press

O Cruzeiro não disputou o Campeonato Mineiro em 2002, mas conquistou o título do Supercampeonato Mineiro. Começou o ano caindo para o Corinthians, nas oitavas de final da Copa do Brasil. Na Sul-Minas, a Raposa conseguiu o título ao derrotar o Atlético-PR na final. Pelo Brasileirão, o time mineiro terminou em nono colocado a primeira fase e não avançou para os mata-matas da competição. 

Na Copa dos Campeões, que reuniu vencedores de Torneio Rio São Paulo (Corinthians), Sul-Minas (Cruzeiro), Copa do Nordeste (Bahia), Copa Centro-Oeste (Goiás) e Copa Norte (Paysandu), a Raposa chegou à final e acabou derrotada para o Paysandu nos pênaltis, em jogo realizado no Castelão, em Fortaleza. 

1998 – França
Arquivo/EM/ D.A. Press

O ano de 1998 foi movimentado para o Cruzeiro, com diversas competições disputadas. O clube foi campeão estadual, ao derrotar o Atlético na final. O time foi eliminado nas oitavas de final para o Vasco naLibertadores, e depois colecionou vices. Foi vice-campeão da Copa do Brasil, ao ser derrotado pelo Palmeiras, do Brasileirão, ao sucumbir diante do Corinthians, e da Copa Mercosul, novamente superado pelo alviverde paulista. O fato curioso é que a Raposa se sagrou campeã da Recopa Sul-Americana de 1998, que foi disputada somente em 1999, batendo o River Plate-ARG em dois confrontos que também valeram pontos para a Mercosul de 1999.

1994 – Estados Unidos
O ano começou bom para o Cruzeiro, quando a equipe se tornou campeã estadual ao derrotar o Atlético na decisão, com Ronaldo sendo o grande destaque. Entretanto, foi eliminado nas oitavas de final da Libertadores para o Unión Española-CHI. Na Supercopa Libertadores, o time caiu na semifinal ao ser derrotado pelo Estudiantes-ARG. O Brasileirão foi um pesadelo para a Raposa, que escapou do rebaixamento ao ser o sexto colocado da quarta fase, uma repescagem da competição.
1990 – Itália
O Cruzeiro se sagrou campeão mineiro em 1990, ao derrotar o Atlético na decisão do torneio. Na Copa do Brasil, foi eliminado nos 16-avos de final para o Goiás. Pela Supercopa Libertadores, caiu para o Racing-ARGainda na primeira fase do torneio. No Brasileirão, o time não conseguiu somar pontos suficientes para avançar à fase de quartas de final, terminando em nono colocado na classificação geral.
1986 – México
A Raposa foi vice-campeã do Campeonato Mineiro, ao terminar os dois turnos na segunda posição. No Brasileirão, o time celeste caiu para o Atlético, na fase de quartas de final do torneio. Terminou em oitavo na classificação geral.
1982 – Espanha
O Cruzeiro começou o ano ficando pelo caminho no Brasileirão, ao sair na segunda fase da competição, quando terminou em terceiro colocado no Grupo P. Terminou em 24º na classificação geral. No Campeonato Mineiro, a Raposa foi vice-campeã ao terminar o octagonal final da competição em segundo colocado.
 
1978 – Argentina
No Brasileirão, o Cruzeiro caiu na terceira fase, ao terminar em quinto colocado do Grupo D. Na classificação geral foi o 10º colocado. Pelo Campeonato Mineiro, foi vice-campeão após terminar o quadrangular final na segunda posição. A competição estadual foi definida apenas em 1979.
1974 – Alemanha Ocidental
Arqeuivo/Ag. O Globo

Campeonato Brasileiro de 1974 foi decidido com muita polêmica. O Cruzeiro foi vice-campeão ao ser derrotado para o Vasco, em jogo extra, no Maracanã. O mando da final e a arbitragem são alvos de questionamentos até os dias de hoje. Pelo Mineiro, a Raposa se sagrou campeã ao terminar o octagonal final na liderança. 

1970 – México
O Cruzeiro foi vice-campeão do Campeonato Mineiro no ano do tri mundial da Seleção Brasileira, ao terminar em segundo colocado na disputa por pontos corridos do torneio. Pelo Roberto Gomes Pedrosa(equivalente ao Brasileirão), acabou em quarto lugar do quadrangular final.
 
1966 – Inglaterra
O Cruzeiro/EM/ D.A. Press

Em um dos anos de maior importância da história do Cruzeiro, o clube conquistou as duas competições que disputou. Venceu a Taça Brasil (equivalente ao Campeonato Brasileiro), ao vencer o Santos na fase final, e o Campeonato Mineiro, ao terminar a fase única em primeiro colocado.

 
1962 – Chile
O Cruzeiro foi eliminado da Taça Brasil ao ficar na segunda posição do Grupo Sul, na quarta fase da competição. Foi o quinto colocado na classificação geral. No Campeonato Mineiro, foi vice-campeão ao perder para o Atlético na grande final, disputada em 1963.
 
1958 – Suécia
A Raposa não conseguiu assegurar vaga na final do Campeonato Mineiro por não ter vencido nenhum dos turnos da competição. Na classificação geral, ficou em terceiro colocado.
 
1954 – Suíça
Em um Campeonato Mineiro longo, o Cruzeiro foi vice-campeão ao ser derrotado para o Atlético na final, que foi disputada apenas em 1955.
1950 – Brasil
Campeonato Mineiro foi disputado em sistema de pontos corridos. O Cruzeiro terminou a competição na terceira colocação.
 
1938 – França
O Cruzeiro, ainda Palestra Itália, terminou o Campeonato Mineiro como quinto colocado.
1934 – Itália
A Raposa terminou o Campeonato de Belo Horizonte em quinto lugar e não se classificou para a grande final do Mineiro.
1930 – Uruguai
O Palestra Itália conseguiu seu quarto título estadual ao vencer o Campeonato Mineiro, por terminar a fase de pontos corridos na primeira colocação.