Goleiro Negão é destaque e  Inter-VG   é Campeão  Regional em Mantena

O site das letrinhas azuis, anunciou , vendeu

                                                                                    Durante  os 90 minutos o Juventus de Central de Minas  esteve melhor em campo, porém não aproveitou as oportunidades  parando no goleiro Negão que na decisão por penalidades pegou três cobranças  sendo o destaque do jogo final  dando mais um   título de Campeão Regional ao Internacional de Vargem Grande. A equipe é supercampeã   com seis títulos regionais no ano de 2018, o  outro destaque da equipe foi o artilheiro da competição Wesley que mesmo tendo atuação apagada  na decisão  demonstrando cansaço físico  levantou os  troféus de artilheiro e campeão  em Mantena.

Negão foi o destaque do jogo defendendo três penalidades e levando o Internacional de Vargem Grande a mais um título regional – Foto: Rogério Augusto

A cobertura completa e exclusiva você vai poder acompanhar na matéria do segundo programa do  Mantena Online na TV  que vai ao ar as segundas, quarta e sexta feiras  ao meio dia pela WEBTV. 

Com o grito de É campeão os jogadores do Internacional de Vargem Grande posaram para as fotos no Municipal – Foto: Rogério Augusto

Continua depois da publicidade

Com transmissão da Rádio Clube FM,  empresa  do Grupo Faustino de Comunicações,  com narração do dez do rádio Marcelo Santos e cobertura de pista e comentários de Reginaldo Monteiro Ceará,  Internacional de Vargem Grande  X Juventus de Central de Minas  entraram em campo com  o Estádio Municipal Rafael de Carvalho vivendo novamente, depois de muito tempo,    um dia de grande movimentação com as arquibancadas totalmente tomadas  uma situação que ainda não tinha sido vista no decorrer da competição.

Com a torcida presente e a transmissão pela rádio faltavam os atletas corresponderem em campo e  foi o que aconteceu, houve uma entrega digna de uma final,  ambas as equipes estavam invictas na competição e buscavam um título inédito de Campeão Regional  em Mantena.

Em campo as duas equipes estavam invictas e fizeram um jogo muito disputado no Estádio Municipal Rafael de Carvalho – Foto: Rogério Augusto

Primeiro tempo

O jogo começou com o Juventus  tomando a iniciativa da partida e buscando mais o gol adversário, o Internacional  segurava atrás com  destaque para a grande apresentação de Leo Mineiro que com maestria marcava na cabeça de área e dava a sintonia de jogo na saída de bola  da equipe de Vargem Grande. Na primeira meia hora de jogo o Juventus esteve melhor em campo e assustou o adversário com duas boas jogadas do zagueiro Guilherme que também teve brilhante apresentação pelo lado centralense. A equipe do Inter melhorou nos últimos quinze minutos do primeiro tempo, porém a melhor oportunidade do jogo ficou nos pés do centroavante Guilherme do Juventus que jogou para fora na saída do goleiro Negão, primeiro tempo 0X0.

Só depois da justa expulsão do médio volante de contenção Padeiro do Juventus que o Internacional conseguiu respirar e igualar o jogo – Foto: Rogério Augusto

Segundo tempo

Na   volta para o segundo tempo o Juventus que havia sido melhor na primeira etapa  começou dominando completamente o jogo, nos primeiros vinte e cinco minutos fez praticamente meia linha com o Inter que se limitava a defender  com atuações pífias de Wesley e Cascão que pareciam cansados e  sem condições físicas. O técnico Ninico  repetiu a  substituição que  vinha fazendo no decorrer da competição e que vinha dando certo  quando  adiantava o lateral direito Jeguinho  para o ataque  que com velocidade modificou mesmo o tom da partida que foi equilibrada a partir dos 30 minutos da segunda etapa. A arbitragem do jogo que não comprometeu  expulsou o médio volante Padeiro pelo segundo cartão amarelo depois de segurar o adversário, com a expulsão pensava-se que o Inter iria dominar o Juventus, mas, não foi isso que aconteceu na melhor chance da equipe de Central de Minas  o jogador Zoinho recebeu  passe  e bateu cruzado a bola passou pelo goleiro Negão e também pelo atacante  Jefim que  fechava de carrinho quase balançando as redes com a bola passando tirando tinta na trave. A melhor oportunidade do Inter-VG  foi uma arrancada do rápido Jeguinho que ganhou na corrida da zaga adversária e bateu forte  pelo alto  para boa defesa do goleiro  do Juventus. Final de jogo 0x0 com decisão indo para as penalidades.

Continua depois da publicidade

Bastidores 

Nos bastidores do Estádio Municipal Rafael de Carvalho encontramos estes dois ilustres torcedores  do Município de São João do Manteninha,  Chiquinho Vasconcelos morador do distrito de Vargem Grande terra do Internacional, Bete Capixaba moradora da Sede e torcedora do Juventus de Central de Minas, isso mesmo, a rivalidade é tão grande na Terra da Calcinha que mesmo em uma decisão de Regional  a torcida do antigo América e hoje do Grêmio de São João se juntou aos torcedores centralenses. Segundo Chiquinho o fato maior acontece porque o Grêmio é freguês do Inter, Bete desdenha e disse que estava torcendo para o Juventus por causa do amigo Gilmar da Farmácia, ex-prefeito de Central de Minas. São coisas que somente acontecem  no mundo do futebol… Veja a foto e as declarações  dos dois ao Jornalismo Mantena Online.  

Chiquinho Vasconcelos e Bete Capixaba a rivalidade a toda prova no Estádio Municipal – Foto; Rogério Augusto