Homem  que tentou matar a esposa  é dominado, algemado e preso em Itabirinha 

Foi feito o adentramento, onde os militares deparam com o autor, tendo este, num primeiro momento, não acatado a ordem para se postar na posição de busca  sendo  necessária força física moderada , sendo o autor dominado, algemado e preso.

Segundo a vitima M. B. S., 41 anos por volta das 01h30min, desta madrugada, o autor M. C. O., 34 anos , que é esposo dela, por motivo de a vitima criar uma cachorra em casa, iniciou uma discussão com ela mais uma filha dela, de nome M. C. S., 21 anos, momento em que, estando muito nervoso, apoderou-se de uma faca, passando a esfaqueá-la. A vitima foi atingida por três golpes, sofrendo um corte na mão direita, outro na mão esquerda e um mais profundo na região da axila lado esquerdo.

A vitima foi socorrida ao Hospital de  Itabirinha onde foi medicada. O autor, segundo a vitima, só não conseguiu consumar o delito porque ela correu, saiu gritando, vindo a pedir socorro nas casas de vizinhos.

Após colher todas as informações, os militares iniciaram diligencias no sentido de localizar o autor, no que foram informados de que o mesmo havia evadido, mas que teria retornado, momento depois, para a casa dele, mais que depressa, os militares retornaram a casa do autor, cercaram o imóvel, ocasião em que observaram intensa movimentação no interior da casa, sinalizando que o autor estava na residencia e aparentava estar querendo evadir ao perceber a presença policial.

Os militares observaram ainda vários moveis quebrados pelo autor no interior da casa, bem como extensas marcas de sangue próximo ao portão da residencia, provenientes das lesões sofrida pela vitima. O autor, no momento da prisão, apresentava escoriações  pelo corpo, sendo encaminhado ao HPS local. Ainda segundo a vitima, o autor é pessoa agressiva e, por isso, teme por sua vida.

Em face do exposto, o autor foi preso e encaminhado a Delegacia de Governador Valadares, onde foi autuado em flagrante delito. A faca usada pelo autor foi localizada e apreendida.

Fonte/Fotos: Polícia Militar/Mantena

COMPARTILHAR