Jovem deputado  segue a trilha do pai e se destaca na  política mineira

Leonardo Morreale Diniz Portela é filho do Deputado Federal por Minas Gerais Pastor Lincoln Portela, é evangelico e uma das grandes opções para Mantena nas próximas eleições.

O Deputado Estadual Léo Portela tem feito um belíssimo trabalho em Minas Gerais , seguindo a trilha do pai o Deputado Federal  Pastor Liconln Portela 

Na verdade muitos políticos ficha suja e corruptos  não devem retornar  ou se reeleger para  um  próximo mandato, é a normativa pelos acontecimentos que vive o Brasil. O povo sabe quem é quem e sabe da responsabilidade em entregar o governo ou um mandato nas mãos de quem não tem compromisso com o Município e que  não vai defender e atuar pela cidade, lutar em causas  de classes ou mesmo das pessoas necessitas.

É preciso que coloquemos no poder pessoas  que  já confirmaram com o seu trabalho bem realizado, pessoas que tenham   temor a Deus. Não adianta ficarmos alheio, precisamos reagir e esta reação  só acontece  através da “política”, é por este meio que  podemos conseguir novos    projetos  que alcancem os Municípios em suas realidades, que atendam  de verdade os  menos oferecidos da sorte ou aqueles que não tem consciência do voto certo e consciente.

O  Jornalismo Mantena Online  apresentou aos mantenenses e região a vida do pai e Deputado Federal Pastor Liconln Portela, e agora apresenta uma excelente opção de voto, seu filho  o jovem pastor   Deputado Estadual Léo Portela.

Veja mais

Votado  no Município   o Deputado Federal  ficha limpa prestigia e apoia   Mantena

Quem é o Deputado Estadual

Leonardo Morreale Diniz Portela (Léo Portela, Belo Horizonte, 10 de outubro de 1980), é um político, advogado e administrador de recursos humanos. É pós-graduado em Direito Civil e Direito Processual Civil, mestre em Direito e professor universitário. É filho do Deputado Federal por Minas Gerais Lincoln Portela.

No Governo de Minas Gerais, foi subsecretário da Secretaria de Casa Civil e Relações Institucionais de Minas Gerais no governo de Antônio Anastásia e vice-presidente da Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais (PRODEMGE).

Foi Assessor de Relações Institucionais da Confederação Nacional do Transporte, membro do Grupo de Trabalho do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), membro da Comisssão de Erradicação do Trabalho Infantil (Conaeti), membro da Comissão Tripartite do Programa de Alimentação do Trabalhador (CTPAT), no Ministério do Trabalho e Emprego e, ainda, membro do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), do Ministério das Cidades, todos por indicação da CNT.

Em 05 de outubro de 2014, foi eleito para seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Minas Gerais com 54.602 voto]. Foi eleito como Vice Líder do Bloco Minas Melhor. Também foi eleito Vice Presidente da Comissão de Redação.

Quando ocorreu o Rompimento de barragem em Mariana, tomou parte na Comissão Extraordinária das Barragens formada pela ALMG, que trabalhou pela busca de soluções para o desastre ambiental.

COMPARTILHAR