Nacional busca no “tapetão” a vaga na final da Taça Cidade 2018

Dentro de campo a Cevin venceu por 3×1, mas, segundo informações de  bastidores os dirigentes do Nacional estão recorrendo ao “tapetão” alegando que o atleta Matheus BobDy tem contrato profissional e não poderia jogar pela Taça Cidade de futebol de campo 2018 que é uma competição amadora.

Uma Taça Cidade Mantena cheia de problemas e grandes dificuldades foi o que se viu fora dos gramados do Municipal- Foto/Arquivo Mantena Online/ Rogério Augusto

Nesta quinta feira, (14), os dirigentes do Nacional devem confirmar toda  documentação para apresentar recurso junto a Secretaria Municipal de Esportes baseado-se  no  regulamento que afirma que o jogador que tem contrato com equipe profissional não poderia atuar na Taça Cidade  requerendo assim os três pontos da partida e a vitória no  jogo em que  perdeu para a Cevin por 3×1 e a conseguente  classificação para jogar a final já com data definida para próxima terça feira, (19) contra o Operário no Estádio Municipal Rafael de Carvalho.

O documento que possivelmente seria apresentado pelo Nacional chegou com Exclusividade ao Mantena Online pelas Redes Sociais 

Veja mais uma das piores gestão no esporte de Mantena 

Taça Cidade é paralisada e secretário de esportes tem o trabalho questionado em Mantena

Regulamento: Incompetência da Secretaria de Esportes leva a Taça Cidade  para o  “tapetão” em Mantena

 

COMPARTILHAR