Onda de crimes deixa Mantena abalada, chegou a hora de meditar a vida e os seus valores.

Qual o valor real das pessoas? Elas valem pelo o tem ou pelo o que são? O que elas valem para vocês? Nós somos responsáveis pelas gerações futuras. 

Texto: Rogério Augusto

Resumindo o nosso Mantena , e o Brasil de uma forma em geral que o homem vem perdendo os seus valores , mesmo com a justiça brasileira muito lenta, apesar de serem daquela turma que ganha bem , estudo para exercer este cargo, mas, aonde chegamos, povo sem possibilidade de emprego, alguns vivendo na miséria absoluta, muitos foram criados sem os pais, (não justifica), até nessa data de hoje ainda vemos homens agredindo as mulheres de todos os jeitos, de toda forma, apesar que a Lei Maria veio justamente para proteger a mulher de ataques quaisquer.

Hoje as pessoas que tem cultura e que vivem uma vida de paz e trabalho, amando a vida, foram os lares de pais sábios que souberam educar seus filhos sobre os conceitos importante como amor e valorização do ser humano, não, eu não estou falando dessa rama de pessoas, tento com este argumento da importância e fundamental de um pai, uma mãe, estou falando daqueles antigos tempos , em que você podia abrir sua residência sem medo e podia sair com bolsas e adereços, este tempo parece que se acabou, os jovens na sua grande maioria  não prestam obediência aos pais, agora a Lei inverte a situação, se você toca num menor de idade você é processados, mas nem a bíblia poupa umas varadas para correção dos filhos, sabendo fazer pra mim não haveria problema, o Brasil é um pais muito grande é difícil dominar o, território se não voltarmos a ter uma Lei da qual o Estudo e educação seria prioridade seria melhor, pelo menos os jovens daqui pra frente conseguem reverter o que a juventude não consegui nestes cinco anos pra cá, ou perda de valores.

A Polícia Militar vem fazendo seu belíssimo trabalho na Comarca de  Mantena, tanto a Capitã Karla quanto ao Capitão  Lindomar Batista, atuaram e estão atuando no combate ao crime e a violência, digo os dois porque quando Capitão Karla estava para ser graduada na corporação e teria de vir embora, muito dos mantenenses ficaram preocupados , porém com, repito, um belíssimo trabalho  do  Comandante atual Capitão Lindomar Batista,  ele chegou e vem desempenhado o seu papel, então o problema das mortes em sequencia com tiros (a queima), ou seja com requinte de execução , sem bem na verdade tudo ficou escondido no pais e afetaram sobremaneira  a pessoa comum, o ser humano, hoje se mata por uma banana, simbolizei aqui para analisarmos  em introspecção e  orar pelo nosso Mantena.

Muitos podem não acreditar no poder da oração, porém ele também é bíblico  e divino. Não se indague se Deus vai te responder como pediu, mas, te ouviu. Ore pelos nossos próximos jovens, por estes também, mas, infelizmente mudar conceitos é muito difícil. Tem uma frase de Bob Marley, cantor, guitarrista e compositor jamaicano, o mais conhecido músico de reggae de todos os tempos que diz: “Se Deus criou as pessoas para amar, e as coisas para cuidar. Por que amamos as coisas e usamos as pessoas!” Vivemos numa época em que as pessoas têm pouco valor. A vida está relativizada, banalizada e mal avaliada.

Outra situação o governo fez campanha e recolheu as armas de pessoas de bem, que tinha sua proteção contra o criminoso,  população que nem podem responder, os bandidos sabendo dessa fragilizara situação vem deitando e rolando, como diz o ditado, e matando por nada

A vida está avaliada por tão pouco que uma pessoa atira na outra por causa de um ponto de vendas de drogas, por causa de uma vaga de estacionamento. Gente de Deus! Vivemos em um tempo em que coisas são amadas e pessoas são usadas. Nós devemos usar coisas e amar pessoas, nunca o contrário. As pessoas infelizmente estão coisificadas e as coisas estão personalizadas.

Acredito que quanto mais humanos, mas gostamos de gente! E vejo que tem pessoas que gostam mais de coisas do que de gente, e isso me leva a crer que pessoas estão a cada dia que passa mais desumanas, como também mais coisificadas.

Temos que valorizar o que a pessoa é, o seu caráter, sua essência! Precisamos cultivar ao nosso redor quem valoriza o ser em vez do ter, e da mesma forma precisamos valorizar o ser, não se importando com a parcela do mundo que valoriza o ter. Qual o valor real das pessoas? Elas valem pelo o tem ou pelo o que são? O que elas valem para vocês?

 

COMPARTILHAR