Pais seguem  indignados com as mudanças realizadas pela Secretaria de Educação e prometem ir às ruas  em Mantena

Crise na Educação: Revoltados os pais e responsáveis  pelos alunos que estarão mudando de escola  pela imposição da Secretaria Municipal de Educação estão   buscando seus direitos na Justiça, estão realizando um abaixo assinado reivindicando a permanência dos alunos do pré-escolar estudando  perto de suas residências e prometem ir às ruas caso não sejam atendidos pela administração municipal.  Professores também estão apreensivos com a contratação do Município por apenas seis meses quando sempre tiveram suas contratações para trabalharem  por um ano.

A população aderindo de uma forma extensa as manifestações dos pais e responsáveis pelos alunos e também dos professores,  o que realmente  evidencia que não é somente o esporte e a saúde que vem mal no Município, e  que também a Educação entrou em crise em Mantena (Fotos: Rede Social/Divulgação)

Nesta semana  próxima passada o Município de Mantena foi surpreendido por uma decisão da Secretária Municipal de Educação, Creuza Muniz,  quando anunciou mudanças  que  causaram polêmicas  e trouxeram uma crise sem precedentes  que  acabou  por  atingir em cheio a administração do  Prefeito  João Rufino que até então vinha sendo  aplaudido pelas suas decisões  e pelo seu trabalho apresentado  em Mantena.

Embora tenha passado por crises  também na área do esporte e principalmente na área da saúde, o Governo João Rufino começou a colher  o resultado da ação desenvolvida pela Secretaria de Educação do Município  que afetou principalmente os alunos menores que estudam o pré-escolar e que de acordo com a resolução estarão tenho de mudar  o seu local de estudo  saindo de  perto de suas residências  para uma escola  que fica longe.

A   falta de dialogo efetivo  da Secretária  revoltou  os pais  e responsáveis por estes alunos que  imediatamente tomaram um posicionamento  contestando a decisão e requerendo  que  o Município retroceda , porém, mesmo diante de reuniões e tentativas  diversas  procurando  soluções não conseguiram êxito , tudo até agora  foi em vão, a Secretária bateu o martelo, e veio a publico através da mídia da Prefeitura Municipal tentando esclarecer os fatos,  usando nada mais nada menos do que  por quatro vezes a palavra absolutismo numa demonstração de poder, tentando garantir que sua decisão fosse aceita pelos pais de alunos.

(Vídeo: Informe Leste)

O que é o absolutismo 

Absolutismo é um regime político em que apenas uma pessoa exerce poderes absolutos, amplos poderes, onde só ele manda, geralmente um rei ou uma rainha. Absolutismo foi um período entre os séculos 16 e 18, e começou na Europa.

Através do absolutismo os monarcas tinham o poder para criar leis sem aprovação da sociedade e de criar impostos e tributos que financiassem seus projetos ou guerras. Muitas vezes, um Rei absoluto se envolvia em temas religiosos, chegando muitas vezes a controlar o clero.

Veja mais 

Crise: Pais de alunos indignados com a mudança feita pela Secretaria Municipal  de Educação em Mantena

A decisão de  vim a público  tentando  explicar  suas decisões,   através de  um  vídeo,  relatando que sua decisão  foi na tentativa de melhorar  o ensino público e retirar as crianças menores do convivo com  as  de mais idade, relatando ainda  que sua decisão foi baseada e acolhida pelo Conselho Municipal de Educação,  e que teve o aval do Prefeito João Rufino não convenceu e não atingiu  sua meta, ao contrário , deixando  ainda mais nervosos e revoltados os pais e responsáveis pelos alunos que  decidiram em reuniões a continuação da busca de   seus direitos  na Justiça.

Marcelinho do Lico tem sido o elo entre o povo, o legislativo e o executivo em Mantena

Depois de tentarem  uma comunicação com a administração municipal e não serem atendidos em suas expectativas, os pais de alunos procuraram os vereadores  buscando apoio e encontraram no Vereador Marcelinho do Lico  um elo na tentativa de que tudo volte a ser como no passado com os alunos tendo a continuação nos estudos onde foram matriculados.

Na saia justa e sem outra saída foi confirmado para alguns pais de alunos que os uniformes que haviam sido confeccionados para uma escola poderia ser usada na outra

Uma situação delicada e que mostra o absolutismo da decisão foi quando os pais indagaram sobre os uniformes que já teriam sido feitos com os nomes da Escola,  segundo  informações   a Secretaria apenas disse que não existia problema e que os alunos podiam frequentar a outra escola com os mesmos uniformes, também existe a denuncia de que os uniformes  foram confeccionados e pagos pelos pais de alunos e trazem a logo marcada da escola e  da Prefeitura Municipal, respectivamente.

Outro fato que vem causando preocupação é quanto ao transporte destes alunos  sem um monitor especificado,  sem comunicação direta com os pais  muitas situações estão vindo à tona, na verdade o transporte ainda não havia sido confirmado com as famílias preocupadas quando terão de enfrentar a distância,  chuvas  e sol quente  para levar o seu filho para estudar,  muitos não tem veículo próprio para transporte e  ainda  terão de tirar este tempo no seu horário de trabalho para acompanharem seus filhos, sendo mais   uma situação que vem sendo abordada nas reinvindicações que estão acontecendo  em Mantena.  

Durante a semana os pais de alunos e responsáveis se reuniram  no Bairro de Vila Nova e decidiram então por fazerem um abaixo assinado  e procurarem o Ministério Público local para fazer valer  as matriculas realizadas no inicio do ano e se a decisão não for revista os pais prometem ir para as ruas fazendo uma manifestação  na tentativa de envolver a sociedade,  com certeza  um desgaste que pode ser evitado pela administração João Rufino.

Outra situação que vem sendo contestada foi a decisão da Secretaria Municipal de Educação quanto as contratações dos professores  que  terão os seus contratos sendo assinados por apenas seis meses,  um fato que vem trazendo insegurança aos profissionais que não terão condições  nem para fazer uma compra maior e prolongada no comércio, pois, não sabem se vão continuar no trabalho e o que vai acontecer depois dos seis meses?  Existem ainda informações de que muitos professores foram demitidos e outros encontram  temerosos pelo futuro da Educação no Município de Mantena.

O Jornalismo Mantena Online vem acompanhando os fatos, por enquanto  não  estaremos usando as falas e toda revolta dos pais e  responsáveis pelos alunos e nem de professores que estão temerosos, informamos apenas que a revolta é muito grande e que os comentários  colocam em xeque a administração de João Rufino que  vem sendo manchada   pela decisão tomada pela Secretaria Municipal de Educação  com a população  aderindo  de uma forma extensa apoiando as manifestações destes pais e responsáveis e dos professores o  que  realmente evidencia  que também a Educação  entrou em crise em Mantena.

COMPARTILHAR