Polícia Civil prende suspeito de ter matado fotógrafo em Itabirinha, Leste de Minas

Durante a operação foram apreendidas três armas de fogo, sendo uma pistola, um revólver e uma carabina, bem como farta munição de diversos calibres. Além disso, foi apreendida uma touca ninja.

A Polícia Civil prendeu no fim da tarde de ontem, 25, João Geraldo Neves, mais conhecido como “Joãozinho”, 44 anos, suspeito de envolvimento na morte do fotógrafo Wanderson Matildes, o “Vandinho”, ocorrida na noite de 11 de setembro de 2017.

Na ocasião a vítima foi interceptada quando chegava ao município de Itabirinha em seu automóvel. Wanderson foi alvejado por três tiros e morreu no local.

O acusado João Geraldo Neves  é suspeito de ter executado a vítima a mando de outro investigado, com quem a vítima possuía desavenças pessoais. A Polícia ainda investiga a participação de outras pessoas no crime. Também é investigado o envolvimento do acusado em outros crimes de pistolagem ocorridos na região.

Participaram da operação Policiais Civis de Mantena e de Governador Valadares.

O suspeito foi encaminhado ao Presídio Regional de Mantena e permanece à disposição da Justiça.

Fonte/fotos: Polícia Civil/Mantena

COMPARTILHAR