População se movimenta pelas Redes Sociais “Volta Cacá” “Volta Pedro” pedindo uma troca de direção no SAAE de Mantena

A população já enxergou  as dificuldades e o movimento  e manifestação   “Volta Caca” “Volta Pedro” pode   acontecer pelas ruas da cidade.   É importante frisar que a Direção do Sistema Público de Água deve ser exercida por quem tem experiência, as decisões tem que ser tomadas com rapidez para não prejudicar o fornecimento de água potável para população. Os  mantenense tem orgulho de dizer que a água de Mantena é uma das melhores de Minas Gerais, e está triste em ver que esse patrimônio público tão amado está  se desfazendo por mãos políticas.                       

Grande nome politico e empresário  muito bem sucedido, cotado para ser o Secretário da Fazenda no Governo João Rufino, o empresário Paulo Abilio   preferiu assumir o posto de Diretor do SAAE  e deixar  que o advogado e presidente da OAB em Mantena, Dr.  Jorge Verano,  assumisse  as  duas  pastas, uma  de administração e a outra da  fazenda, porém não vem conseguindo dar um equilíbrio necessário para manter o bom nome da Autarquia SAAE e de sua água, cotados como  os melhores da região, em hipótese  nenhuma   pode-se admitir que seja fornecida uma agua dessas com cor e gosto ruim e fora dos padrões da água potável que vem caindo nas torneiras dos mantenenses  “sistema publico de água deve ser exercido por quem tem experiência. As decisões tem que ser tomadas com rapidez para não prejudicar o fornecimento de  agua à população”, comenta um morador  que tem criança em casa e sabe da necessidade para o higiene e para o banho.

Uma das preocupações  deve ser tratada ainda com mais seriedade, pois, boa parte da  população vem queijando de  coceiras, vômitos e diarreias, e que sabemos  que   ainda existem  doenças de veiculação hídricas, isso também é saúde  pública.

 Algumas perguntas  e questionamentos  como quais são  as ações que o SAAE tem tomado foram respondidas pela servidora  Cristiane , química responsável da autarquia,   diante de tudo ela aconselhou  comprar  mais caixa d’água e  deixou claro que  em acordo  o Diretor  estabeleceu que  quando tiver  com um quantitativo X de sujeira  a população não vai ter a água nas torneiras . A mídia local ainda tentou explicar  de todas as maneiras e argumentos, mas, nada que pudesse   modificar a  situação constrangedora  do atual momento vivido  pelo SAAE que atinge em cheio toda população. Se não tem costume de tratar barro, por que tratou? Isso mostra que essa água não deveria ter passado para o tratamento. E por que passou? Por que o Diretor do SAAE não deu ordem de parar o tratamento?  Não seria melhor interromper do que abastecer a população com barro? Esta ação não deveria ser imediata?, Muitas indagações e uma certeza de que  a população está insegura e  clama para que  a Autarquia  e o Prefeito faça a mudança politica necessária  e  uma mudança radical  na caminhada pela volta dos  melhores dias do  SAAE de Mantena.  

Somente nesta  quarta-feira, (10/05), após 4 dias, faz-se uma reunião para decidir se quando chover vai fechar ou não? Decisões como esta submetem a população a suportar as demoras em ações que  deveriam ser imediatas e não dependem, ou seja, nesse caso, recebemos água turva e com gosto ruim por falta de uma decisão, que cabe ao diretor tomar.                       

De acordo com mais das muitas reclamações, os Bairros Nicoline, São Bernardo (partes altas), Boa Esperança dentre outros estão com falta d’água sempre à noite, desde segunda feira. “Os moradores das partes baixas não sofrem, porém, os das partes altas estão pagando o pato e no final do mês pagam as suas contas de água e sem desconto.” reclamou um morador.     

Segundo a  mídia  local o Prefeito João Rufino   ficou com medo de que os problemas pudessem queimar sua administração em Mantena

                   

O povo  quer saber ?

Existem medidas a curto, médio e longo prazo para que quando chover isso não volte a acontecer?  Ou se chover de novo a população  vai ficar de novo recebendo essa água turva e com gosto ruim? Qual o órgão fiscalizador desse tipo de situação? Onde esta a Defesa do Consumidor?  Onde esta a Secretaria da saúde e vigilância sanitária? Onde esta o Patrimônio Publico?   O atual diretor fala que o SAAE está precisando de ampliar seu sistema. A população está cobrando datas para essas ações. O Diretor tem buscado esses recursos? Onde?                       

       O povo pede um dos dois   dirigindo a autarquia SAAE:  Cacá ou Pedro do SAEE

Pedro Americo Cardoso, foi diretor do SAAE de Mantena por 40 anos, anteriormente trabalhou quase 3 anos no SAAE de Governador Valadares.                       

Solange Rocha Pereira, a Cacá, 31 anos de trabalho exclusivamente no SAAE Mantena. Formada em Administração, pós-graduada em Gestão Pública. Esteve à frente do SAAE, por ocasião da aposentadoria do Pedro em fevereiro 2014, ficando até dezembro de 2016.                       

Veja os investimentos realizados pela  direção da Autarquia na entrega dos trabalhos em Mantena.

– Aquisição de novo aparelho Jar test digital para ensaio de floculação, (micro-processado 6 provas simultâneas de 20 a 350 rpm), visando determinar as melhores dosagens de reagentes (sulfato de alumínio) no processo de Floculação da água;

– Colocação de cortinas em madeira nos decantadores da ETA – Estação de Tratamento de Água de Mantena para melhoria do processo de Decantação da água;

– Aquisição e troca do material do leito filtrante nos dois filtros da ETA Mantena, acrescentando carvão ativado ao material, visando maior qualidade no processo de Filtração da água;

– Aquisição de máquina dosadora de cloro (clorador) à base de sal, visando melhoria no processo de Cloração da água;

– Reforma, pintura e colocação de novo piso no espaço/sala destinado à acomodação da máquina dosadora de cloro, localizado no térreo do prédio da ETA;

– Construção de sala/depósito para acomodação adequada dos materiais químicos utilizados na Estação de Tratamento de Água;

– Aquisição e instalação de condicionador de ar 22.000 BTU´s para melhor climatização do ambiente do laboratório onde são realizadas as análises bacteriológicas do Controle de Qualidade da Água da ETA;

– Ampliação do laboratório de bacteriologia com criação de uma sala anexa, dotada de mesa com computador e impressora colorida para o trabalho informatizado de todos os relatórios da ETA;

– Aquisição e implantação do sistema informatizado para lançamento de dados, com emissão de relatórios online das análises físico-químicas e bacteriológicas realizadas na Estação de Tratamento de Água sede e distritos;

– Aquisição e instalação de alarme interno e externo em toda a extensão da ETA, visando segurança no trabalho;

– Aquisição e instalação de câmeras de monitoramento em diversos pontos, permitindo vigilância em tempo real de toda a ETA;

– Substituição das portas de vidro da ETA em vidro temperado, do andar térreo e do 1º andar;

– Construção de um depósito coberto para acomodação de tubos de PVC de diâmetros diversos usados pela autarquia.    

Veja os pedidos pelas Redes Sociais ,”Volta Cacá, Volta Pedro” e umpouco das diversas reclamações    da população.

               

COMPARTILHAR