Quinto dia de ataques em Minas tem tiros contra quartel da PM em Alfenas

Número de cidades atacadas chega a 33, em meio a mistério sobre os reais motivos que estão por trás da onda de violência.

GP Guilherme Paranaiba SK Sander Kelsen/ TV Alterosa

Durante a madrugada uma unidade da PM em Alfenas foi atingida por tiros(foto: Reprodução da Internet/WhatsApp)
A onda de violência provocada por bandidos contra ônibus, carros, prédios públicos e imóveis generalizados em Minas Gerais chega ao quinto dia no estado com menor número de ocorrências. Pelo menos um caso foi registrado na madrugada desta quinta-feira (7), em Alfenas, no Sul de Minas.

Ainda na noite de ontem, em Sacramento, no Alto Paranaíba, e em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, bandidos atearam fogo em um ônibus em cada cidade. Com isso, já são pelo menos 33 cidades com ocorrências de depredação do patrimônio nos últimos cinco dias.

Em sua edição de hoje, o Estado de Minasmostrou que a os ataques crescem em meio ao mistério sobre os motivos que estão por trás da violência.

Confira detalhes das ocorrências por cidade entre a noite de quarta-feira e madrugada de hoje:

Alfenas

No início da madrugada desta quinta-feira foram disparados quatro tiros contra o segundo grupamento do primeiro pelotão da 18ª Companhia de Meio Ambiente da PM da cidade. Um dos tiros atingiu o letreiro luminoso da unidade e as cápsulas foram recolhidas pela perícia. Imagens de câmeras de segurança de um estabelecimento próximo podem ajudar a identificar os suspeitos.  

Uberlândia

De acordo com a PM, um ônibus foi incendiado na cidade por volta das 21h56. Os suspeitos teriam pagado a passagem e entrado como se fossem passageiros, mas depois cometeram o crime.

Sacramento


Bandidos mandaram as pessoas que estavam em um ônibus do transporte público descerem e atearam fogo no coletivo. A ocorrênia foi registrada por volta das 19h. 
COMPARTILHAR