Seis pessoas morreram, por dia, nas estradas mineiras neste feriado

Segundo os balanços da PRF e da PMRv, foram registras 23 mortes em acidentes durante os dias 1º e 4 de novembro.

O Site das letrinhas azuis, Anunciou , Vendeu
Foram divulgados, nesta segunda-feira, os balanços sobre os acidentes ocorridos nas rodovias de Minas Gerais durante o feriado de Finados, considerando os dias 1º a 4 de novembro. De quinta-feira a domingo, foram registradas 23 mortes em acidentes, uma média de, aproximadamente, seis por dia. O número é próximo ao último feriado prolongado, de Nossa Senhora Aparecida, quando 25 pessoas morreram. Os dados são das polícias Rodoviária Federal (PRF) e Militar Rodoviária (PMRv).

As estradas estaduais e federais sob responsabilidade do Comando da PRF foram as mais violentas. Durante o período, foram registradas 13 mortes, uma média de cerca de três por dia. No último feriado, foram cinco mortos, menos do que a metade do dado atual. 

Continua depois da publicidade

Por outro lado, o número de ocorrências atendidas pela corporação caiu em relação ao último feriado. Enquanto a Polícia Rodoviária Federal contabilizou 128 acidentes com 204 pessoas socorridas na operação de Nossa Senhora Aparecida, na operação do Dia de Finados, foram registrados 95 acidentes nas rodovias, deixando, além dos mortos, 129 feridos.
Já nas estradas monitoradas pela Polícia Militar Rodoviária, o resultado foi o oposto. O número de mortes caiu pela metade, em relação ao último feriado. Entre os dias 1º e 4 de novembro,  10 pessoas morreram em acidentes de trânsito, enquanto, entre 11 e 14 de outubro, o número de mortos chegou a 20.
Por fim, foram registradas 68 ocorrências sem vítimas no feriado de Finados, cinco a mais do que no feriado de outubro. Em relação às pessoas feridas, no recesso de Nossa Senhora Aparecida, foram registradas 118 vítimas, dez a mais do que o número contabilizado no período de Finados.

Embriaguez
A Polícia Rodoviária Federal aplicou, ao todo, 2.727 testes de embriaguez nas estradas de Minas Gerais entre os dias 1º e 4 de novembro. Nas ocasiões, 39 pessoas foram autuadas e três acabaram presas.
Nas estradas sob monitoramento da Polícia Militar Rodoviária, foram aplicados 2.431 testes de bafômetro, acarretando a prisão de 33 pessoas. Além disso, 386 motoristas foram autuados por falta de habilitação de direção.
COMPARTILHAR