Voleio contra o América aumentou lista de ‘pinturas’ de Arrascaeta pelo Cruzeiro; relembre outros golaços do uruguaio

Jogador cruzeirense deixou claro que já almeja uma transferência à Europa.

Rafael Arruda /Superesportes

Agênica i7/Mineirão

O belo gol marcado por Arrascaeta no clássico com o América ainda repercute na Toca da Raposa II. Nesta quarta-feira, em entrevista coletiva, o jogador analisou a “plástica” do lance e destacou o ótimo passe do lateral-direito Edilson.
 

“Foi o mais bonito”, afirmou o camisa 10, em relação ao tento assinalado na vitória do último domingo por 1 a 0, diante de mais de 50 mil pessoas no Mineirão. “Todos conhecem a capacidade que ele tem para cruzar. É um jogador que chega forte à área. Quando ele pega na bola, três ou quatro jogadores têm que estar na área. Pouco a pouco vamos nos conhecendo melhor para ajudar o time”.
 
Dos 36 gols marcados por Arrascaeta, muitos foram originados de belas jogadas, como chutes em cobranças de falta, sequência de dribles ou até mesmo bicicleta. Veja abaixo o “top 5” do uruguaio pelo clube.
 
1- Cruzeiro 1×0 América – quinta rodada do Mineiro de 2018
 
Após assistência na medida de Edilson, Arrascaeta acertou belíssimo voleio da entrada da área e não deu chances ao goleiro João Ricardo.

2- Atlético 1×1 Cruzeiro – semifinal do Mineiro de 2015
 
Camisa 10 deu canetada em Josué e driblou Jemerson e Douglas Santos antes de chutar rasteiro na saída de Victor.

3- Cruzeiro 3×0 Mineros de Guayana – Libertadores de 2015

Golaço de bicicleta abriu caminho para a vitória cruzeirense pelo Grupo 3 da competição

4- Cruzeiro 3×2 Campinense – Copa do Brasil de 2016
 
Um dos três gols de falta marcados pelo uruguaio com a camisa do Cruzeiro

5- Cruzeiro 1×0 Atlético-PR – Campeonato Brasileiro de 2017

Ao receber lançamento longo, Arrascaeta se livrou da marcação e chutou colocado no canto esquerdo de Weverton.

Sequência de chapéus pelo Defensor

Quando ainda jogava pelo Defensor-URU, Arrascaeta enfrentou o Cruzeiro em duas oportunidades pela Libertadores de 2014. Na vitória de seu ex-clube por 2 a 0, no Uruguai, o camisa 10 aplicou uma sequência de chapéus em Everton Ribeiro e Nilton e colocou o companheiro Felipe Gedoz cara a cara com Fábio.

Interesse do futebol europeu

Os dribles desconcertantes e as jogadas de efeito de Arrascaeta têm despertado o interesse de clubes da Europa. Nome praticamente certo na convocação do técnico Oscar Tabárez, da Seleção Uruguaia, para a Copa do Mundo de 2018, o jogador almeja uma transferência futura.

“Ainda tenho dois anos de contrato no Cruzeiro (até dezembro de 2019). Vamos pouco a pouco esperar o que vai acontecer. Sempre falei que meu objetivo é jogar na Europa, em um time importante. O Cruzeiro me ajudou muito na carreira. O futebol brasileiro me formou bastante dentro e fora de campo. Serei muito agradecido ao Cruzeiro”.

Caso negocie Arrascaeta, o Cruzeiro receberá 25% do valor. O restante está fatiado entre investidores e o próprio Defensor. Quando contratou o meia-atacante, o clube celeste contou com o auxílio da rede de supermercados BH, responsável por pagar 2 dos 4 milhões de euros por metade dos direitos econômicos.

COMPARTILHAR