Ministério Público não dá mole e soluciona crimes que perturbaram Mantena

0
117

Em Nota à Imprensa  enviada pelo Ministério  Público da Comarca, assinada pelo Promotor Evandro Ventura da Silva,  foi confirmado  que os crimes  de armas em punho que abalaram a população do Município, a maior parte deles, foi resolvida.  A  investigação foi conduzida pela Polícia Civil por meio do Dr. Iure da Mota, Delegado de Polícia, sendo que o Ministério Público, após receber os Inquéritos Policiais, ofereceu a denúncia.

o MP, através do Promotor Evandro Ventura da Silva ofereceu denuncias por  corrupção passiva do vereador Rodrigo Curty e do empresário Rogério Faustino
 Promotor de Justiça da Comarca Evandro Ventura da Silva 

NOTA À IMPRENSA : No final do ano passado e no início deste ano, ocorreram diversos roubos no município de Mantena, sendo que a maioria era caracterizada pela utilização de arma de fogo. A maior parte deles, porém, foi resolvida. Além de já haver processo contra os autores do crime praticado contra um escritório de engenharia, que foram presos em flagrante, mais seis outros casos foram devidamente investigados e concluídos, já com denúncia oferecida pelo Ministério Público. São eles:

Crime ocorrido no dia 31.10.2014 em uma casa de carne situada no Bairro Santos Prates: JONATHAS WILLIAM PIMENTA e MAYCON BRUNO SANTOS VILASSA foram denunciados por roubo com emprego de arma de fogo e concurso de pessoas. Se condenados, cada uma poderá pegar até 10 anos de reclusão;

Crime ocorrido no dia 28.11.2014 em uma padaria situada no centro da cidade: por este crime o Ministério Público denunciou JONATHAS WILLIAN PIMENTA e FILLYPE FRANKLIN RODRIGUES DA SILVA por roubo qualificado pelo emprego de arma de fogo e concurso de pessoas. Se condenados, cada uma poderá pegar até 10 anos de reclusão;

Crime ocorrido no dia 12.12.2014 contra um comerciante no Bairro Santo Antônio: por este crime o Ministério Público denunciou WALACE LIMA DE OLIVEIRA por roubo qualificado pelo emprego de arma de fogo e concurso de pessoas. O outro envolvido no fato ainda não foi identificado. Se condenado, poderá pegar até 10 anos de reclusão;


Crime ocorrido no dia 17.12.2014 contra um comerciante no Bairro Vila Nova: por este crime o Ministério Público denunciou JEZREEL LEMES DA ROCHA por roubo qualificado pelo emprego de arma de fogo e concurso de pessoas. O outro envolvido no fato ainda não foi identificado. Se condenado, poderá pegar até 10 anos de reclusão;

Crime ocorrido no dia 20.12.2014 contra um cidadão no Bairro Santos Prates I: por este crime o Ministério Público denunciou JONATHAS WILLIAN PIMENTA por roubo qualificado pelo emprego de arma de fogo. Se condenado, poderá pegar até 10 anos de reclusão;

Crime ocorrido no dia 24.12.2014 contra um comerciante no centro da cidade: por este crime o Ministério Público denunciou JONATHAS WILLIAN PIMENTA e FILLYPE FRANKLIN RODRIGUES DA SILVA por roubo qualificado pelo emprego de arma de fogo e concurso de pessoas. Se condenados, cada uma poderá pegar até 10 anos de reclusão;

Agora as denúncias serão analisadas pelo Judiciário local e os envolvidos terão o seu direito de defesa devidamente garantido