Central de Minas vira “terra sem lei” e motoqueiro comete mais um crime de morte

0
199

A violência  continua  e não dá  trégua  no Município de  Central de Minas, outra vez  duas pessoas  de moto  dispararam e fizeram  mais uma vítima. O prefeito Genil Mata, que é também o atual Presidente da ASSOLESTE  começou  uma grande luta junto as autoridades estaduais clamando  pela falta de  segurança no Município.

Mais uma pessoa foi morta em plena luz do dia em Central de Minas,  os moradores estão apavorados com a falta de segurança que existe no Município
Mais uma pessoa foi morta em plena luz do dia em Central de Minas, os moradores estão apavorados com a falta de segurança que existe no Município e pedem uma solução ao prefeito Genil Mata 

Nesta  terça-feira, (24/02),  por volta das 13h30min aconteceu mais um ato violento ceifando a vida de um jovem conhecido  de todos na cidade, trata-se do jovem   Juninho Garrucha.  Segundo informações de populares, tudo começou perto da ponte em frente um bar no final da Rua Coimbra; desconhecidos em uma moto dispararam vários tiros no jovem Juninho, antes de  cair o  mesmo ainda caminhou para Rua Martins e não suportando os ferimentos veio falecer na calçada da rua.

A Polícia Militar de Central de Minas chegou  ao  local preservando a cena do crime para uma perícia técnica l e posteriormente remoção do corpo para o IML – Instituo Médico Legal de Governador  Valadares.

Familiares e amigos estão no local protestando contra a falta de segurança que nos últimos meses tem assolado  Central de Minas, que  está se transformando em um verdadeiro palco de violência acontecendo sucessivamente roubos, furtos e crimes.

Veja mais >>>>https://www.mantenaonline.com.br/seguranca-presidente-da-assoleste-ameaca-manifestacao-geral-se-nao-for-atendido-pelo-estado/

Fonte/fotos: Rede Social – Facebook – Seguidores de Central de Minas

Mais uma pessoa foi morta em plena luz do dia em Central de Minas,  os moradores estão apavorados com a falta de segurança que existe no Município
Mais uma pessoa foi morta em plena luz do dia em Central de Minas, os moradores estão apavorados com a falta de segurança que existe no Município

10426547_1621126951439517_35817885814448522_n 10942615_1621126371439575_6171855485721600506_n 10996176_1621125654772980_2693921211387457501_n 11025817_1621125971439615_2224923654161132492_n