Vereadores aprovam Projeto de Lei que anistia população de multas e juros na cobrança do IPTU em Mantena

0
139

A oposição com Rodrigo Curty e Dr. Roberto Jório  mais uma vez votou contra benefícios para  população, o vereador Anderson Branca de Neve não esteve presente, mas, por sete votos o legislativo aprovou em votação única e  redação final  o Projeto de Lei  que autoriza ao Executivo concessão de Anistia de multas e juros aplicados sobre o IPTU, ISSQN e as Taxas de ocupação de áreas e vias públicas, inscritos  em Dívida Ativa.

Mesa Diretora da Câmara Municipal afinada em buscar melhores condições para população de Mantena
Mesa Diretora da Câmara Municipal afinada em buscar melhores condições para população de Mantena aprova ANISTIA 100%  de multas e juros  sobre IPTU 

Na verdade o “quanto pior melhor” já vem acontecendo desde que os vereadores da oposição   tomaram posse no legislativo mantenense, ao invés de fazerem  uma oposição de ideias e ideais  dentro de um patamar para crescimento do Município, a atitude   destes  vereadores  ao votarem  contra o Projeto de Lei  sobre a anistia de juros na cobrança do  IPTU, projeto   que beneficia  toda a população e empresários, principalmente aqueles  que ainda se recuperam  de sequelas da maior enchente de todos os tempos, alguns chamam de dilúvio o que aconteceu em Mantena, mostra e continua evidenciando que a máxima de combater ao prefeito e sua administração é prioridade absoluta,  comprovada pelos diversos ataques ao governo e até mesmo ofensas  pessoais, sem compromisso  e muitas  vezes chegando ao ridículo,   fica assim mais uma vez comprovado   o que todos já observaram desde que assumiram suas cadeiras na Câmara Municipal.

Vereador Robério do Sindicato
Vereador Robério do Sindicato

O vereador Robério do Sindicato foi um dos que votaram a favor do Projeto e justificou “Eu votei a favor do Projeto porque tenho convicção de que o nosso povo e os empresários querem quitar os seus débitos, porém estão arrojados ainda em virtude daquela enchente que aconteceu, o IPTU é muito importante para que o Município tenha condições de fazer algumas obras necessárias e que os próprios moradores estão reivindicando. Um dado extraoficial de que são mais de 4 milhões de reais de débito, com este dinheiro muita coisa que nós precisamos e que o  povo almeja poderá ser feito”

11091211_641261262672578_1036779261_nEm  Mantena segundo informações extraoficiais existe  um  débito de mais de 4 milhões de reais  de  IPTU – Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial,  uma  soma  alta  e que se arrecadada  será  de muita importância para  as pretensões do Município, porém,  a situação mostra também que a população tem encontrado grandes dificuldades para  efetuar este  pagamento  no que o prefeito Dr. Wanderson Coelho tomou a decisão do Projeto de Lei em evidência que dá ao Executivo Municipal   autorização para conceder ANISTIA de 100%  de multas e juros ao contribuinte que efetivar o pagamento integral   de seus débitos até o dia 10 de Junho, relativo ao Imposto  do IPTU, do ISSQN e as Taxas de ocupação de áreas e vias publicas (barracas e camelôs, situada na Praça Fernandes Filho)  dos exercícios de 2010 a 2014, inscritos em Divida Ativa “Ao invés de processar nossa população  e levar  ao  fórum da Comarca   como foi feito pelo ex-gestor, estamos dando condições para que a população tenha condições de quitar o seu IPTU, pois temos certeza que nosso povo tem o interesse em ajudar o nosso Município a crescer e este imposto  será revertido em melhorias diversas para nossa população”, disse o prefeito.

Além do Vereador  Robério do Sindicato votaram  com o prefeito e com a população os vereadores Antônio Inácio (Presidente), Marcelinho do Lico, Jonas Emiliano, Gilberto da Aposentadoria, Maria do Moreno, João Correia e João da APAE. 

11084522_641261266005911_1479006757_n

Print

IPTU é revertido em melhorias para a população

O Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial (IPTU) é um dos impostos municipais importantes  para o desenvolvimento da população local, sendo uma das principais fontes de renda do município. A arrecadação do IPTU gera a receita para a Prefeitura investir na saúde, educação, limpeza pública, e outras áreas de atuação. Através desse imposto local, há a possibilidade de maior crescimento do município e em consequência também  o da população.