Servidores do Judiciário Federal do Leste de MG paralisam atividades

0
95

Paralisação ocorre nesta segunda-feira (22). Eles reivindicam reajuste do plano de carreira.

Patrícia BeloDo G1 Vales de Minas Gerais
Servidores das Justiças Federal, do Trabalho e Eleitoral permanecerão de braços cruzados Foto: Divulgação
Servidores das Justiças Federal, do Trabalho e Eleitoral do Espirito Santo também permanecerão de braços cruzados
Foto: Divulgação
Servidores da Justiça Eleitoral, Federal e do Trabalho estão com as atividades paralisadas nesta segunda-feira (22), em Governador Valadares e em três cidades do Vale do Aço. O Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal no Estado de Minas Gerais (Sitraemg) informou que a classe reivindica a atualização do plano de cargos e salários alterado pela última vez em 2006.

Ainda de acordo com o Sitraemg, a greve nacional ocorre há 12 dias, mas segundo o sindicato, em Valadares, Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timóteo, os servidores somente vão paralisar as atividades nessa segunda-feira (22).

Durante a paralisação da categoria, apenas 30% dos serviços essenciais à sociedade vão funcionar. O Sitraemg informou também o movimento grevista em Minas Gerais já alcança mais da metade dos locais de trabalho do Judiciário.

Na Justiça Eleitoral do Estado, mais de 120 zonas eleitorais já aderiram ao movimento, além de inúmeros servidores das secretarias e cartórios. Na Justiça Federal, 80% dos servidores estão  paralisados. Em âmbito nacional, a greve já atinge pelo menos 19 estados.