Jornalismo Mantena Online flagra fim de tarde maravilhoso em Mantena

0
219

Nossas lentes captaram a formação de inéditos  dois arco íris nos céus da cidade. Simplesmente maravilhosos.  A chave para o mistério dos arco-íris gêmeos é, então, a combinação de diferentes tamanhos de gotas de água que caem do céu.

Há principio visualizamos somente um arco íris, mas, quando observamos melhor existia dois, um ao lado do outro
Há principio visualizamos somente um arco íris, mas, quando observamos melhor existia dois, um ao lado do outro

Entre as coisas mais bonitas da natureza, está o arco-íris. Ele se forma quando a luz branca do sol é interceptada por uma gota d’água na atmosfera. Parte da luz é refratada para dentro da gota, refletida no seu interior,  e novamente refratada para fora da gota. Como a luz branca é uma mistura de várias cores, quando a luz atravessa a superfície líquida da gota de chuva, a refração faz aparecer todo seu espectro de cores: violeta, anil, azul, verde, amarelo, laranja e vermelho – o arco-íris, um simples arco colorido.

Nesta sexta feira, (31/07), as lentes do Jornalismo Mantena Online captaram um fim de tarde maravilhoso com direito a dois  arco íris maravilhosos .  Buscamos mais sobre a presença de dois arco íris e constamos que é um fato raro.

Se fosse só isso, a física não teria nenhum problema. No entanto, além dos arco-íris “normais”, várias formações mais raras e complexas intrigam os cientistas: arco-íris duplos (compostos de dois arcos concêntricos), triplos e até quádruplos já foram vistos, além dos arco-íris gêmeos, ou arco-íris geminados, compostos de dois arcos separados que nascem da mesma base (diferentemente do duplo).

Para essas belezas naturais, os pesquisadores ainda não tinham explicação. Mas, sem querer, uma equipe de cientistas da Suíça, Espanha, Estados Unidos e Reino Unido pode ter descoberto como o fenômeno ocorre.

“Simulações anteriores assumiram que gotas de chuva eram esféricas. Enquanto isso pode facilmente explicar o arco-íris e até mesmo o arco-íris duplo, não pode explicar o arco-íris geminado”, diz Wojciech Jarosz, pesquisador da Disney Research em Zurique (Suíça).

Foi assim que a equipe concluiu que as gotas de chuva “achatam” conforme caem, por causa da resistência do ar. Este achatamento é mais pronunciado em gotas maiores. A chave para o mistério dos arco-íris gêmeos é, então, a combinação de diferentes tamanhos de gotas de água que caem do céu.

“Às vezes duas pancadas de chuva caem ao mesmo tempo”. “Quando as duas são compostas por gotas de diferentes tamanhos, cada conjunto de gotas produz arco-íris ligeiramente deformados, que se combinam para formar o arco-íris geminado”.

DSC_0883 - Cópia DSC_0883 DSC_0884 DSC_0885 DSC_0886 DSC_0887 DSC_0888