Diretora da autarquia SAAE confirma situação da água em Mantena

0
95

A  Diretora do SAAE, Solange Rocha Pereira,  confirmou  que a situação atual do fornecimento de água tratada à população continua em estado NORMAL. No entanto, com relação à oferta de água bruta nas nossas captações, verificou-se  ao longo desse período de forte estiagem, que o volume de água dos mananciais (rios) que abastecem Mantena, tem diminuído consideravelmente devido à falta de chuvas.

A Diretora do SAAE, Solange Rocha Pereira, alertou sobre o futuro da água em Mantena
Em Nota Oficial, Solange Rocha alertou sobre o futuro da água em Mantena

A Diretora do SAAE – Serviço Autônomo de Água e Esgoto,  explicou  “Temos que salientar nesse momento, é que de acordo com os registros da nossa Estação de Tratamento de Água (ETA), o volume tratado e distribuído aumentou consideravelmente nos últimos dias e um fator negativo é que o desperdício continua, elevando este índice”.

Solange  Rocha Pereira advertiu   quanto ao futuro  “Com relação à esse fato, a situação que é normal até o momento, se não houver chuva nos próximos dias, e se não acontecer o apoio com ações da população contra o desperdício, a situação poderá se agravar”, fazendo um apelo a toda população  “Contamos com a compreensão e a colaboração da população no sentido de economizar água, evitando ações desnecessárias nesse período de estiagem, tais como: não lavar calçadas e ruas, não lavar veículos, não tomar banhos demorados, aguar as plantas com moderação, dentre outros”. 

Veja mais>>>>> http://mantenaonline.com.br/alerta-analises-mostram-que-em-curto-tempo-pode-faltar-agua-em-mantena/

Informou ainda que o  SAAE continua investindo em conhecimento, tecnologia, infraestrutura e equipamentos no sentido de levar água  com qualidade e quantidade à toda população. No entanto, é importante salientar que o SAAE é o órgão responsável pelo tratamento e distribuição da água, ou seja, grosso modo, afirmamos que não fabricamos água, ela é uma dádiva de Deus na natureza, deve ser cuidada e preservada no meio ambiente para que se transforme em vida.

“Cumpre-nos informar que esta Nota Oficial, não tem o objetivo de alarmar, nem provocar pânico, apenas esclarecer a real situação de Mantena dentro do contexto do Brasil, que hoje vive uma crise hídrica, e também para que não haja disseminação de boatos, ou inverdades”, finalizando.