Caixas d’água no meio da rua abastecem distrito de Pancas, ES

0
108

São três reservatórios que ficam em três pontos diferentes da comunidade. Moradores estão sofrendo com a falta de água no município.

Do G1 ES, com informações da TV Gazeta

falta dagua em pancas

O distrito de Lajinha de Pancas, localizado em Pancas, Noroeste do Espírito Santo, é mais um lugar onde moradores estão sofrendo com a falta de água. Há cerca de um mês, o abastecimento está comprometido na comunidade. Para tentar amenizar a situação das pessoas, a associação que administra o abastecimento no distrito, colocou três caixas d’água em pontos diferentes da comunidade.

Rosiane usa água colocada em caixas d'água na comunidade de Pancas, no Espírito Santo (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)
Josiane usa água colocada em caixas d’água em
Pancas  (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

Nas partes mais altas, como na residência da dona de casa Josiane da Silva, não sai água da torneira há cerca de um mês. Ela mora na parte mais alta de Lajinha de Pancas, mas não é só na casa dela que a água não tem chegado.

Sem abastecimento, os moradores estão tendo que andar para pegar água em três caixas d’água disponibilizadas para os moradores em ruas do distrito.

Durante todo dia, os moradores se revezam para pegar a água da caixa. A moradora Rosângela Costa contou que chega a fazer o percurso para pegar água oito vezes por dia.

“Tem que carregar água para lavar roupa, lavar vasilha, tomar banho, só para cozinhar que não dá, porque é muito suja, e a gente quase morre de cansaço, meus braços estão cheios de dor”, disse Rosâgela.

O presidente da associação de abastecimento de Lajinha, Adriano Hoffman, explicou que a falta de água no distrito acontece porque os reservatórios estão praticamente secos.

Adriano disse que já foi feito tudo o que estava ao alcance da associação. A solução que encontraram foi colocar três caixas de água, duas com capacidade para mil litros e outra de 10 mil, em pontos diferentes do distrito para as pessoas usarem.

“Onde a gente sabe que tem uma nascente, a gente vai lá e canaliza. Nós já acionamos a prefeitura, mas a gente depende agora é do governo do estado. Nós temos um projeto de uma barragem, estivemos com o secretário de Agricultura e ele confirmou com a gente que existe o dinheiro, e existe o projeto, agora falta a licitação”, explicou.

O presidente da associação de abastecimento disse ainda que a comunidade não pode contar com o apoio de caminhão-pipa. O prefeito de Pancas, Agmair Araújo, disse que isso aconteceu porque o caminhão-pipa do município não é para transportar água tratada, e como o distrito de Lajinha não tem uma estação de tratamento, não é possível levar água sem tratamento para lá.

O prefeito disse ainda que está contando com a obra da barragem, prometida pelo estado. A Secretaria de Agricultura e Abastecimento informou que a barragem de Lajinha  está entre as cinco que estão com os projetos elaborados, e a previsão é que o processo de licitação inicie ano que vem.