Igreja Maranata solicita mudanças no Projeto de construção da Praça do Bairro Santos Prates I em Mantena

0
238

Em ofício enviado para Prefeitura Municipal, a Igreja Maranata  alegou que o  campinho  de futebol  que os jovens vem usando para brincarem  de futebol tem atrapalhado a ordem dos cultos. A  permanência  do campinho na construção da nova Praça  já havia sido requerido por pessoas da  comunidade.  A Igreja Maranata  deve construir um novo templo no local.

A Igreja Cristã Maranata solicitou que o campinho  de futebol usado na Praça do Bairro Santos Prates I não permaneça no local, pois, tem atrapalhado a ordem dos cultos
A Igreja Cristã Maranata solicitou  da Prefeitura Municipal que o campinho de futebol usado na Praça do Bairro Santos Prates I não permaneça no local na restruturação, pois, tem atrapalhado a ordem e a liberdade dos cultos diários

Em oficio enviado pelo  Pastor Paulo Estácio Feliciano Pinto, representando a Igreja Maranata – Presbitério Espitio Santense,  requerendo  sobre o campo de futebol improvisado e a possível oficialização do mesmo na Praça do Bairro Santos Prates I em frente aquela instituição religiosas, esclareceu os fatos requerendo a interferência da administração municipal a fim de atender ao que se pede:

Relata que a  Igreja Cristã Maranata existe a mais de 45 anos e em Mantena há mais de 35 anos e que esta no endereço ao lado da Praça do Santos Prates I há 10 anos, realizando cultos e atendendo a necessidade de membros localizados nos entornos e com planejamento de nos próximos meses, realizar a construção de um novo templo no local.

Detalha que  nos últimos meses, deu-se inicio ao trabalho de estruturação da Praça e que foi aberta uma frente de chão batido e iluminação e que esta sendo utilizada por grupos de adolescentes e jovens para organizar jogos de futebol nos horários de culto, exatamente na lateral em frente à igreja “Além de utilizarem-se de palavrões inapropriados a serem ouvidos em frente a uma igreja, arremessam bola em direção ao templo, já tem quebrado vidros e colocando em risco a integridade de veículos que comumente ficam estacionados em frente à igreja”.

A instituição  continua  ressaltando seu total apoio ao uso do esporte para coloboração social e evitando que adolescentes e jovens estejam envolvidos com vícios e crimes diversos e deixando de serem  integrados  à sociedade, porém , acredita que isto pode ser feito de forma  a não ferir a liberdade de culto, claramente expressada na Constituição Federal.

 “Sugerimos a mudança do local na praça destinado para este fim, que é em frente à Igreja ; para o outro lado, há visto que é um local apenas com residências. De imediato, o que pode ser feito é iluminar o lado oposto à igreja e fazer a terraplanagem. No atual local utilizado, poderão serem colocados caminhões de terra visando obstruir, a[te que se defina o que será feito”,   finalizando.   

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui