Advogados esclarecem situação do pai do garoto Enzo Gabriel em Mantena

0
217

Depois de muito trabalho e uma verdadeira peregrinação  no fórum da Comarca e na Polícia Civil, os advogados conseguiram a liberdade de Faulemar Buzkalonge a tempo de se despedir de seu filho que foi enterrado na tarde desta quarta feira, (08/08) em Mantena. Acusado, além de ter a dor de seu filho morto,  Faulemar teve que ficar detido desde terça feira, (07/06),  em razão de não ter tido condições de pagar a fiança arbitrada pelo delegado, que foi no importe de 02 (dois) salários mínimos. V

Veja mais>>>> http://mantenaonline.com.br/revolta-e-muita-tristeza-na-morte-do-menino-enzo-gabriel-em-mantena/

Faulemar sempre se mostrou um pai exemplar, cuidava do seu filho todos os dias até as cinco da tarde quando sua esposa saia do serviço e tomava a guarda do garoto.
Faulemar com o filho Enzo Gabriel. Ele cuidava do garoto todos os dias até as cinco da tarde quando a mãe chegava do trabalho e tomava a guarda da criança.

NOTA DE ESCLARECIMENTO.

Os advogados  Onilton Sérgio Mattedi, Dr. Rosivaldo Vieira e Dr. Marconi Valente assumiram a missão de dar suporte e apoio jurídico ao pai da criança morta no acidente  que abalou Mantena e   se manifestaram esclarecendo diversos fatos:

 Desde ontem diversas foram as conversas e boatos, cumpre-nos o dever de esclarecer alguns pontos:

1 – as condições do acidente foram esclarecidas pelo Faulemar e confirmadas pelo seu pai, sendo certo que o que ocorreu foi uma infeliz fatalidade, inequívoco acidente;

2 – o Faulemar teve que ficar detido desde ontem em razão de não ter tido condições de pagar a fiança arbitrada pelo delegado, que foi no importe de 02 (dois) salários mínimos;

3 – desde ontem começamos a preparar o pedido de liberdade, dando continuidade pela manhã de hoje até lograrmos êxito às 15:30hs, quando o Faulemar foi posto em liberdade;

4 – a mãe da criança não tem relação direta com a prisão e segundo informações que colhi no velório está conformada e ciente que o Faulemar não foi culpado de nada;

5 – o Faulemar foi muito bem tratado no Presídio por todos os agentes penitenciários que, inclusive, cederam parte de sua comida quando ele chegou no presídio após o horário que a alimentação é servida. NÃO HOUVE QUALQUER TIPO DE AGRESSÃO, ao contrário do que algumas pessoas chegaram a falar;

6 – ele se encontra debilitado fisicamente, dois dias sem se alimentar e, apenas no dia de hoje, após muita insistência do diretor do presídio, ele tomou uma vitamina;

7 – neste momento o Faulemar precisa do apoio de todos os amigos, seja em orações, visitas, mensagens de apoio e o mínimo de questionamentos sobre os fatos, que serão melhor esclarecidos durante a instrução processual;

8 – Qualquer informação relacionada ao processo, laudo e depoimentos que não seja dada por órgãos oficiais, pelo Faulemar ou seus representantes não passam de meros boatos e só contribuem para tumultuar a situação;

9 – Por fim, todos nós devemos agradecer aos servidores do Fórum, do MP, agentes penitenciários e oficiais de justiça que fizeram tds os esforços para a liberação do Faulemar, sem a ajuda e compreensão destes não seria possível vermos nosso amigo em liberdade em tempo de se despedir de seu filho.

Continuaremos acompanhando o caso até o final!

Peço a todos que compartilhem esta mensagem, no intuito de esclarecer alguns boatos levantados e não compartilhem informações sem ter uma fonte confiável.

Obrigado.

Nota da Redação 

No fim da tarde desta quarta feira, o garoto Enzo Gabriel , com a presença do pai, amigos e familiares, foi levado ao cemitério de Vila Nova em Mantena aonde foi enterrado.