Cevin confirma favoritismo e estreia com vitória difícil na Taça Cidade Mantena 2016

0
104

A equipe do Santa Rita com escretes de Ecoporanga-ES e Vargem Grande ofereceu resistência, segurou o empate em 1 x 1 até os 20 do segundo tempo quando tomou o segundo gol, saiu em busca de um novo empate e tomou o terceiro ao apagar das luzes aos 45 minutos. Na preliminar,   no considerado  clássico do interior pela série B,  o Fluminense do Bananal não tomou conhecimento do União de Ariranha e  sapecou uma goleada de 4 x0.

Silvio  foi o destaque do Fluminense do Bananal

Bastou ao  Fluminense do Bananal jogar bem no primeiro tempo quando construiu o  placar elástico contra o União de Ariranha  fazendo  os quatro gols do jogo preliminar na estreia das duas equipes na série B da Taça Cidade para segurar o jogo no segundo tempo e cravar a sua primeira vitória na competição.

Destaque para o jovem atacante Silvio que com a camisa dez do Flu do Bananal foi o grande nome do jogo. Atleta de Barra de São Francisco, Silvio com apenas 20 anos jogou muito  na partida fazendo  dois dos gols de sua equipe, no primeiro cobrou bem uma penalidade fazendo 3×0 e depois fechou o placar depois de driblar o goleiro tocando para o fundo das redes. Os outros dois gols da equipe foram marcados pelo experiente Flavinho e Natan.

Ao União de Ariranha  resta esquecer o primeiro tempo da equipe que foi sem sombras de duvidas péssimo, amplamente dominado não chutou sequer uma bola ao gol adversário, mas, sua reação no segundo tempo equilibrando a partida e levando perigo ao gol adversário mostra uma recuperação, a equipe pode ter sentido a estreia quando o time em campo foi de jogadores novos, atletas sem muita experiência, que depois que os nervos se acalmaram conseguiram uma melhor performance na partida.

Arbitragem do jogo ficou por conta de Joelison dos Santos, com auxiliares sendo Adair Antônio Cruz e João Romano. Jogo tranquilo com apenas um cartão amarelo para Dionathas do Fluminense  sendo amarelado pelo União os atletas André, Matheus, Tiago e Marco.

O zagueiro Ricardo Guerra ajeita para bater rasteiro e desempatar a partida no Municipal
O zagueiro Ricardo Guerra ajeita para bater rasteiro e desempatar a partida para a Cevin contra o Santa Rita  no Estádio Municipal Rafael de Carvalho em Mantena

Cevin traz escrete  de nome e  vence Santa Rita

Com destaque para o meia Bruno Lima que defendeu o Audax no último campeonato paulista, a Cevin  ainda trouxe o   goleiro Zé Rosquinha  de Itabirinha, o atacante Dudu que jogou o último regional pela equipe  de Água Doce do Norte e do centroavante  Will Coutinho atleta profissional  do CTE e com uma base muito boa   dos prata da casa Vitinho, Luciano, Ricardo Guerra, Marquinho Masquerano, Rafael Prudente e Flavinho, a Cevin lutou muito em campo para confirmar o seu favoritismo e venceu por 3×1 ao Santa Rita que foi cadenciado pelo meio campo Pitita, ex- União de Ariranha, que  comandou os jogadores  de Ecoporanga que deram grande consistência ao meio campo da equipe que vendeu caro a derrota valorizando sobremaneira  a vitória do Centro Esportivo de  Vila Nova.

Em campo a torcida pode ver uma partida muito disputada no meio campo, não teve jogadas de maestria e o espetáculo não foi contagiante, mas, valeu pelo empenho e a vontade vencer demonstrada pelas duas equipes.

O centroavante Matheus empatou a partida com raro oportunismo
O centroavante Matheus empatou a partida  em 1 x 1  em chute de  raro oportunismo

Depois de ver o Santa Rita comandar os primeiros dez  minutos de jogo, quem assistia pode ver até uma meia linha da equipe distrital sobre a equipe da sede, mas, aos poucos a equipe da Cevin foi se encontrando em campo e na primeira vez que foi ao gol adversário, aos  14 minutos abrindo a contagem com o centroavante Will Coutinho que depois de perder cara a cara com o goleiro pegou o rebote de cabeça fazendo 1×0. O empate veio logo em seguida, dois minutos depois o centroavante Matheus pegou de primeira de dentro da área um chute potente sem chances para o goleiro Zé Rosquinha. Fim de primeiro tempo 1×1.

Precisando vencer e sentindo o gol de empate do Santa Rita, a equipe da Cevin soube segurar o ímpeto do adversário e construiu o seu segundo gol em escanteio pela direita que o zaqueiro Ricardo Guerra ajeitou no peito e bateu rasteiro no canto do goleiro que com a visão tampada por diversos jogadores  nada pode fazer,  eram 20 minutos do segundo tempo e o gol serviu para acalmar a equipe da Cevin dentro de campo. O Santa Rita ainda procurou um novo empate, porém, ao apagar das luzes,  na última volta do ponteiro, aos 45 minutos da segunda etapa, o gol premiou o jogador Bruno Lima, que veio  como grande atração do jogo e querendo jogo, indo pra cima e buscando o resultado, nada mais justo ser premiado pelo gol que selou a primeira vitória da Cevin em busca do tão sonhado titulo da Taça Cidade Mantena 2016.

O jogo foi dirigido pelo arbitro Wagner Xavier tendo como auxilares Moshe Dayan e Felipe da Silva Pena com apenas um cartão amarelo para Gessé atleta da equipe de  Santa Rita.

A torcida mais uma vez lotou as arquibancadas do Municipal
Sucesso absoluto: A torcida mais uma vez lotou as arquibancadas do Municipal

Rodada adiada

Em virtude  da realização da Semana Pedagógica e da festa de 7 de Setembro em Mantena, a Secretaria Municipal de Esportes adiou  a próxima rodada  que estava marcada para  próxima terça feira, confirmando  a retomada e a volta da competição  na próxima sexta-feira.