Após assembleia, bancários encerram greve no Leste de Minas

0
80

Bancos públicos e privados retomam as atividades nesta sexta. No Leste de Minas, 72 agências aderiram ao movimento.

Do G1 dos Vales de Minas Gerais

Os bancários do Leste de Minas decidiram pelo fim da greve após assembleia realizada na noite dessa quinta-feira (06). De acordo com o presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Ipatinga e Região (SEEBI), José Carlos Bragança, no Vale do Aço tantos os bancos públicos como os privados retornarão as atividades, às 11h desta sexta-feira (7).

“Na região do Vale do Aço, as 50 agências de 13 cidades retomarão os serviços no horário normal de trabalho. A proposta foi aceita ontem e a rotina será retomada de imediato”, disse.

Em Governador Valadares, cerca de 950 bancários também devem retornar às atividades nesta sexta-feira. Segundo o sindicato, 22 agências estão com os serviços paralisados.

Segundo a Contraf-CUT, a greve mais longa da categoria na história foi em 1951 e durou 69 dias. Nos últimos anos, a greve de maior duração ocorreu em 2004, com 30 dias.

A proposta oferecida pela Federação Nacional do Bancos inclui reajuste de 8% em 2016 e abono de R$ 3.500, aumento de 10% no vale refeição e no auxílio-creche-babá, aumento de 15%, no vale alimentação e os bancos ainda se comprometeram a garantir aumento real de 1% em todos os salários e demais verbas para 2017.