Volante vence invicto a série B e Operário confirma favoritismo sendo campeão pela série A em Mantena

0
115

Dois jogos de muita emoção no Estádio Municipal Rafael de Carvalho fecharam com chave de ouro a Taça Cidade União Supermercados em Mantena. Na preliminar, o Volante,  equipe de maior tradição da região levantou o troféu vencendo o Fluminense de Bananal  por 2×1, no jogo de fundo em  partida  emocionante o Operário venceu o Santa Rita por 4×3. Vejam as fotos com Exclusividade Mantena Online.

dsc_0291-copia-2

A torcida grená que compareceu ao Estádio Municipal vibrou com  a conquista de mais um título em Mantena, com a vitória na noite desta terça feira, (08/11), o Volante além de levantar o troféu chegou na elite do futebol mantenense.

Mas, não foi fácil e como tudo para o Volante vem com muito esforço o Fluminense de Bananal valorizou muito a vitória grená fazendo um jogo de igual para igual, um dos detalhes da partida  que pode ter mudado o jeito de jogar do tricolor foi a escalação de Silvio Negueba,  artilheiro e destaque da equipe na competição até o momento  foi escalado  como zagueiro, esta mexida acabou  quebrando o passe final do quarteto mágico Carpegiane, Flavinho e Renilton que aparentemente dominavam o jogo porém com passes para laterais e sem objetividade.

O Volante jogava consciente e aliou a vontade marcar dentro de campo com o toque refinado de bola, foi crescendo na partida  e fez o primeiro gol  depois de uma falha do zagueiro que escorregou quando ia dominar e a bola que veio da esquerda passou por ele e ficou nos pés do artilheiro Vaguinho que dominou fez que ia bater com a direita deslocou o zagueiro  e colocou a bola no canto do  goleiro Luciano jogando rasteiro  fazendo assim o placar do primeiro tempo 1×0 e confirmando a artilharia da competição com nove gols.

No segundo tempo do jogo o Fluminense veio com tudo  buscando o empate e com o gramado pesado pelas chuvas o jogo ficou faltoso e muito pegado,  aos vinte minutos  o meio campo Adriano do Volante  fez falta dura e  recebeu o segundo amarelo no jogo e consequentemente  o cartão vermelho deixando a equipe grená com dez homens em campo e jogando nos contra ataques. Em um destes contra ataques o meia Douglas recebeu a bola e invadiu a área com o zagueiro do Fluminense fazendo pênalti incontestável com Bruninho pegando a bola e batendo com categoria fazendo 2×0. Neste momento do jogo, precisando do gol a qualquer preço o técnico do Fluminense mudou o time e jogou Silvio Negueba para centroavante recuando mais Carpegiani, com um a mais em campo a equipe então passou a dominar  o Volante e não conseguia o gol pela bela apresentação do goleiro Stênio  e da boa postura da zaga grená com a experiência de Dinei e a vitalidade de Vitor, e com as boas atuações de Rayner e Joahbe pelas laterais,  ao final Carpegiani ainda diminuiu, mas, não dava tempo para mais nada, Volante  2×1,  vencendo de forma invicta e se tonando  o legitimo campeão da série B.

A equipe do  Volante recebeu troféu, medalhas e mais 2 mil reais e teve o artilheiro Vaguinho com 9 gols e o goleiro Sênio como destaque da competição.  O Fluminense de Bananal  recebeu troféu e R$ 1.000.00 mil reais.

dsc_0299-copia

Operário campeão de Mantena

A torcida do Operário e o Presidente Dimilsinho vibraram muito quando o arbitro apitou o fim do jogo em que a equipe se tornou campeão da Taça Cidade Mantena vencendo o Santa Rita pelo placar de 4×3, o motivo é que naquele momento  a equipe estava com nove homens em campo e enfrentava uma pressão muito grande e um empate levaria a decisão para os pênaltis, mas, o apito final aliviou a torcida que invadiu o Estádio Municipal para comemorar o primeiro titulo do Operário em Mantena.

Em campo a equipe do Santa Rita vendeu caro a derrota,  fez 1×0 de pênalti  e sofreu um baque emocional  com dois gols de Robert, duas cabeçadas e  duas falhas do goleiro  sofrendo a virada para 2×1. O Operário mesmo tendo duas expulsões (o Santa Rita perdeu um jogador), continuou mandando no jogo e atuava com os artilheiros Matheus BobDy e Morotó nos contra ataques e os dois ampliaram a contagem para 4×1. Com nove  em campo a equipe do Operário cansou e o Santa Rita apertou  o jogo diminuindo para 4×3  e  fazendo uma grande pressão  que que terminou  com o apito da arbitragem decretando o final da partida e a vitória com sabor de titulo ao Operário, grande  campeão da série A em Mantena.

A equipe do Operário recebeu troféu, medalhas e mais 5 mil reais,  e  teve dois artilheiros Matheus BobDy e Morotó que juntamente com Emílio (Beira Rio) fizeram seis gols. O troféu ficou por escolha com Matheus BobDy. O Santa Rita recebeu troféu e R$ 3.000.00 reais.

Morotó e Matheus BobDy, juntamente com meia Emilio (B.Rio), com seis gols foram os artilheiros da competição
Morotó e Matheus BobDy, juntamente com meia Emilio (B.Rio), com seis gols foram os artilheiros da competição

Destoando um pouco a premiação do goleiro (não pelo valor do atleta), o  troféu  ficou com um atleta Zozimo, não sabemos o critério usado pelos organizadores,  sua equipe não teve uma boa colocação na competição não chegando nem entre as quatro melhores classificadas na primeira fase. Vejam as fotos com Exclusividade Mantena Online: