Justiça Eleitoral recebe contestação das eleições em Nova Belém e São João do Manteninha

0
327

Os derrotados reclamam de suposto abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio e esperam reverter  as eleições nos tribunais. Em ambas as situações é provável que  o Juiz Eleitoral  possa   realizar  audiências  para depoimento pessoal dos acusados e oitiva de testemunhas.

Flávia Pereira Dorneles tem eleição contestada em Nova Belém
Flávia Pereira Dorneles tem eleição contestada pela oposição em Nova Belém

A Justiça Eleitoral da Comarca de Mantena  vai ter muito trabalho neste final de ano e início de 2017,  além de Mantena, os candidatos derrotados em Nova Belém e São João do Manteninha entraram com ação de investigação requerendo anulação das eleições  nestes Municípios.

Nova Belém

15045294_1715954152058609_338401427_o

Neste Município,  o vereador Renaldo Inácio de Lima impetrou uma ação de investigação contra a prefeita eleita, Flávia Pereira Dorneles,  contra  o atual prefeito  Valdeci Dornelas (Tio de Flávia)  e  contra alguns candidatos eleitos vereadores.  A ação  relata a influência política do atual prefeito e de sua condição financeira praticando atos e tendo   uma conduta  que  para  Reinaldo Inácio violaram o principio da isonomia no processo eleitoral em prol da candidatura da sobrinha e de alguns vereadores eleitos.

Foram apresentadas à Justiça Eleitoral  algumas  gravações em que o atual prefeito Valdeci Dornelas conversa com eleitores sobre pagamentos, eleições e votos.  Em uma das gravações, segundo a ação, observa-se que o prefeito  ainda está em débito com um eleitor sobre  os valores combinados  para que  votassem nos candidatos por ele indicados.

Veja mais

http://mantenaonline.com.br/possivel-penalidade-pode-mudar-o-resultado-das-eleicoes-em-mantena/

São João do Manteninha

Foi protocolado  no Cartório Eleitoral de Mantena, uma  ação de investigação Judicial Eleitoral, em face dos candidatos a prefeito e vice-prefeito de São João do Manteninha/MG,  Gentil Pereira Mendonça e   Marcos Vinícius de Paula, respectivamente, no intuito de se investigar suposto abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio.

2295abc484e4893708b84815769eb5b3O juiz eleitoral, Renzzo Giaccomo Ronchi,  determinou a imediata notificação dos réus para, caso queiram, ofereçam defesa do prazo de cinco dias, juntamente com documentos e rol de testemunhas. Ainda  que fossem oficiados dois estabelecimentos comerciais situados no distrito de Vargem Grande,  “Supermercado Pereira” e “Casa de Material de Construção Pereira”, para que enviem ao juízo cópia de seus atos constitutivos, bem como livros com registros de entrada e saída de mercadorias, referentes ao períodos de abril a outubro de 2016.