Prefeitos recém-eleitos do Vale do Rio Doce participam de congresso promovido pela Assoleste e Fiemg

0
121

Representantes de prefeituras do Vale do Rio Doce se reúnem no 1º Congresso de Prefeitas e Prefeitos eleitos do Vale do Rio Doce no próximo dia 17, em Governador Valadares.

1510058e-16a6-4ab5-8424-d2a6593b5b9aO objetivo principal é discutir as perspectivas para a gestão que tem início em janeiro de 2017, em especial os problemas e as dificuldades que os prefeitos eleitos e reeleitos terão que enfrentar nos primeiros 90 dias de governo.

O presidente da Associação dos Municípios da Microrregião do Leste de Minas (Assoleste) e prefeito de Nova Belém, Valdeci Dornelas, disse que a crise política e econômica tem dificultado ainda mais a gestão dos municípios, que estão cada vez mais sem recursos para investimentos e sem apoio do Estado e do Governo Federal.

Preocupada com esse cenário, a Assoleste, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), está organizando o evento para que prefeitas e prefeitos recém-eleitos possam debater e propor alternativas para os principais desafios que terão pela frente.

“A Assoleste está fazendo esse chamamento em apoio aos novos administradores do nosso Vale do Rio Doce, para que eles tenham a oportunidade de fazer uma análise conjunta do momento que estamos vivendo, já que muitos desses representantes estarão iniciando na gestão pública pela primeira vez”, destacou Dornelas.

Segundo a secretária Executiva da entidade, Elidamárcia Lana da Silva, estão sendo convidados os 102 representantes dos municípios da mesorregião do Vale do Rio Doce. O encontro será no auditório da Fiemg, das 13 às 18 horas.

Seca no Vale do Rio Doce

Outro tema que será abordado no 1º Congresso de Prefeitas e Prefeitos Eleitos do Vale do Rio Doce é a seca que acomete várias cidades da região. A Assoleste vai apresentar e debater o projeto Plantando o Futuro, coordenado pela Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerias (Codemig), com a qual vai firmar convênio que prevê a recuperação de nascentes e plantio de mudas de árvores em topos de morros e áreas de recarga hídrica.

Miniusinas de beneficiamento de leite

A instalação de miniusinas de beneficiamento de leite nas cidades ou conjunto de cidades na região do vale do rio doce também será discutida no congresso de prefeitos e prefeitas. A proposta da Assoleste, segundo Valdeci Dornelas, é atender os pequenos produtores dos municípios. “A intenção é absorver toda a produção da miniusina para abastecer nossas escolas e entidades, pagando diretamente ao produtor, que receberá valores mais justos pelo seu produto”, ressaltou o presidente.

Confraternização

Durante o encontro, a Assoleste também irá apresentar a agenda 2017 de cursos e capacitação voltados para as administrações municipais.

O evento termina com um coquetel de confraternização visando a interação entre os novos administradores do Vale do Rio Doce.

Fonte: Assoleste