Deleitar em Cristo, Esperança Viva!

0
507
A esperança em Cristo – Colossenses 1.27

Pastor Lafayette Neto

Vejo a esperança como uma primeira ação positiva diante do temor. Percebemos que quanto mais esperança é porque maior é o temor. E sem a esperança não suportaríamos o temor. E para muitos, ou quase todos… muitos são os temores que a realidade apresenta.

Pergunto se a esperança seria apenas um acreditar passivo de salvação futura de uma realidade que tememos. Embora a esperança pareça ser uma atitude passiva de espera, tal passividade não deve excluir uma postura de oração perseverante conforme ensina o salmista: “Esperei pacientemente no Senhor e Ele se inclinou para mim e ouviu o meu clamor (oração)”. A esperança quando carregada de fé – fé enquanto dom de Deus – é uma atitude ativa. A esperança carregada de fé nos move dentro de uma conduta de dignidade perante Deus. A fé que vem de Deus como presente e é meio de ligação entre a graça (o favor) dispensado por Deus e a salvação oferecida por Ele, essa mesma fé, nos convida a um comportamento de dignidade. Entendemos, por toda a Bíblia, que não há como conceber fé sem dignidade interior e comportamental na nossa relação com Deus e o enfrentamento das realidades. A fé me inspira a viver segundo todas as boas coisas que provém de Deus.

Quando temos como sustentar a esperança e temos o seu sustento na fé em Jesus seguimos o caminho da paciência que difere do imediatismo quando queremos tudo pra “ontem”. E difere também da máxima daqueles cuja esperança corre o risco de morrer (“a esperança é a última que morre”)… Apenas lembrando: nossa esperança está viva em Jesus… E esperar pacientemente em oração é perseverança.(dependência da graça de Deus)… E a perseverança me diz pra continuar… Porque a realidade projetada por Deus para nós vale a pena perseguir porque ela é boa demais para arriscar perdê-la. E a realidade projetada por Deus para nós é: “Cristo em vós, esperança da glória”.

E a perseverança tem sua obra perfeita no amor. Hoje eu me encontro aqui: na perseverança. O meu alvo é a plenitude de Deus (o Amor). E o Amor é toda a realidade que precisamos. Eu acredito que o céu é assim: plenitude de Amor. Hoje espero, pacientemente espero, perseverando… E espero, na fé em Jesus, não esperar mais mas desfrutar o que estou esperando.