Reconhecimento de Situação de Emergência é uma vitória pessoal do ex-prefeito Dr. Wanderson Coelho em Mantena

0
105

Ex-prefeito  vê  com bons olhos  o  trabalho desenvolvido e  a emergência sendo  reconhecida pelo Governo Federal , elogiou  aos  funcionários  responsáveis pelo trabalho realizado  pela  Secretária  de Planejamento obtendo êxito e  possibilitando  ainda mais verbas para  a reconstrução de Mantena.

Na época, o ex-Prefeito Dr. Wanderson Coelho convocou a imprensa para decretar a situação de emergência em Mantena Foto: Rogério Augusto 

Para o  Ex-Prefeito, Dr. Wanderson Coelho   fica o dever de casa bem feito,  o município de Mantena (MG) teve seu estado de situação de emergência reconhecido pelo governo federal nesta segunda-feira (16/01), feito pelo Ministério da Integração Nacional no Diário Oficial da União devido às fortes chuvas enfrentadas na cidade em dezembro de 2016.

Antes de deixar o Governo Municipal, o Prefeito Dr. Wanderson Coelho, através da Secretaria de Planejamento  fez um trabalho  junto ao Governo Federal mostrando  a situação de emergência que estava o Município devido as chuvas,  mesmo sabendo que as verbas, como aconteceu,   quando viessem iriam  cair em  mãos de opositores políticos como o  Prefeito  eleito João Rufino, não o fez, visualizou Mantena e fez o simples,  um  dever  de casa bem feito  para que Mantena alcançasse verba especial para consertar  o que  a força das chuvas realizaram  de estragos em dezembro 2016.

Veja mais 

http://mantenaonline.com.br/mantena-decreta-situacao-de-emergencia-devido-a-estragos-causados-pela-chuva/

Em entrevista ao G1. Leste de Minas, o Secretário de Planejamento de Mantena , Everton Monteiro, explica que os prejuízos da cidade foram estimados em mais de R$ 5 milhões e que o município não teria condições de arcar com todas as ações por meio de recursos próprios.

“Foram danificadas pontes, bueiros, ruas, instituições de ensino e de saúde. Algumas ações emergenciais foram feitas, mas não temos como fazer tudo. Essa portaria permite agora que nós solicitemos verba para fazer todas as ações que a cidade precisa”, pontua o secretário.

Ainda segundo Everton Monteiro, para a liberação dos recursos será necessário elaborar e enviar novos documentos para o governo federal, que irá até o município fazer vistoria antes que a verba seja concedida.

Fonte: G1.LestedeMinas