Febre Amarela: Fila de espera é ignorada e população é dispensada no Bairro de Vila Nova em Mantena

0
168

A Emergência decretada pelo Governo de Minas parece não existir em Mantena. Mesmo com fila imensa na porta do Posto esperando para vacinação os moradores do bairro foram dispensados no encerramento do horário de trabalho dos funcionários e convocados para voltarem somente na próxima segunda feira. Sem qualquer comunicação pela secretaria de saúde sobre a fila que ainda estava grande na porta do Posto de Saúde, os funcionários não tiveram outra alternativa e terminaram normalmente seu expediente dispensando os moradores.

Alguns moradores do Bairro de Vila Nova ficaram sem vacinação porque o expediente de trabalho havia acabado às 17 horas desta sexta feira, (20/01), e o secretário de saúde não havia estipulado “emergência” ou mesmo “horas extra” para que o funcionário permanecessem atendendo e vacinando a população.

Os funcionários atenderam aos moradores durante o expediente normal, muitos moradores voltaram para casa indignados com a falta de informação

 Segundo informações eles receberam cerca de 200 vacinas contra a febre amarela e 120 pessoas foram vacinadas nesta sexta feira no Posto de Saúde de Vila Nova. Mesmo com um sol intenso e com a fila ainda repleta de pessoas, ele tiveram que voltar para casa sem a vacina recebendo somente a palavra de que vacinação só iria recomeçar na próxima segunda feira.  

Os moradores saíram de suas residências e tiveram de enfrentar o sol forte,mesmo assim foram dispensados no fim do expediente

Muitas pessoas que tiveram de voltar para casa sem a vacinação ficaram indignadas com a falta de sensibilidade da secretária municipal de saúde “Se o Governo do Estado decretou emergência é porque a coisa é séria e acho que a secretaria devia ter feito o mesmo e prolongado o trabalho dos funcionários   por mais uma ou duas horas em cada Posto, infelizmente voltamos para casa sem a vacina mais uma vez”, disse uma senhora que estava na fila.  

A mantenense Sara Farini desabafou sobre a situação da vacinação em Mantena “Hoje fui no posto de saúde do meu bairro e havia acabado, fui em outro e disse que só seria vacinadas as pessoas moradoras daquele bairro, acabei ficando sem vacinar. Acho que poderia ser um pouco mais organizado, a gente não consegue vacinar no posto do nosso próprio bairro e quando vai em outro diz que somente pessoas do tal bairro que serão vacinadas. Indignada com tamanho descaso ou falta de organização, deem o nome que quiser pra essa desordem”, retratou. Veja mais

http://mantenaonline.com.br/secretario-de-saude-confirma-que-vacinas-da-febre-amarela-chegam-nesta-semana-em-mantena/

Maria das Graças Jesus, 53, moradora da Av. Agostinho Anísio  trouxe a filha e a neta

Quem conseguiu a vacinação  no entanto ficou extremamente feliz e tirou uma preocupação da cabeça, é o caso da dona de casa Maria das Graças Jesus, 53, moradora da Av. Agostinho Anísio  que trouxe a filha e a neta “Sinto aliviada, temos de nos prevenir, trouxe a minha filha e a minha neta também para vacinar, saio daqui com mais tranquilidade”, disse aliviada. 

Vejam as fotos com Exclusividade Mantena Online: