Servidora com 28 anos de trabalho na Prefeitura Municipal  denuncia médico e pede mudança na saúde de Mantena

0
86

Maria é moradora do Bairro Bela Vista  trabalha como funcionária da Prefeitura Municipal  há 28 anos e segundo ela são descontados R$ 211,00 (Duzentos e onze reais) no seu contra cheque todo mês,  informando indignada que quando procurou  o médico Dr. Christian para consultar o mesmo disse para ela não procurar o atendimento fornecido pela Prefeitura Municipal e que pagasse um ortopedista particular.  Informou que procurou atendimento em Barra de São Francisco, que teve de comprar os remédios  que não existia  em Mantena  relatando  a grande dificuldade no atendimento  de consultas e exames requerendo ao Prefeito João Rufino  a troca imediata do  secretário na área da saúde em Mantena. Ouça o áudio.

Neste sábado, (02/09), a servidora municipal Maria, moradora do Bairro Bela Vista, fez uma séria  denúncia  pela Rádio 13 de Junho no Programa Boca no Trombone,  segundo ela ao ser  atendida pelo médico Dr. Christian   o mesmo falou que quando ela tivesse uma crise de dor para que não fosse no Pronto Atendimento e nem no Postinho do Bairro que pagasse uma consulta particular  com um ortopedista descartando o atendimento pela  saúde  e pelos médicos que trabalham na  Prefeitura Municipal.

Maria disse que ficou indignada  com a resposta do médico contratado e pago mensalmente pela  administração, explicou que é funcionária com 28 anos de serviço prestado na Prefeitura Municipal e que em seu salário é descontado  R$ 211,00 (Duzentos e onze reais) no seu contra cheque ,  quase o valor de uma consulta todo mês, e mesmo assim a  não teve prioridade  na consulta. Ela disse ainda que o médico lhe deu um atestado de três dias dizendo que neste tempo ela melhoria e estaria boa, mas, continuou trabalhando  com o pé dormente  e no mesmo dia foi até a cidade vizinha de Barra de São Francisco quando foi atendido pelo médico  Dr. Cassiano Faustino  que lhe indicou o ortopedista , e que desabou com o médico  explicando na oportunidade o quanto ficou chateada pelo atendimento do médico de Mantena porque ele teria de ter indicado o ortopedista  que trabalha pela Prefeitura e  com urgência  e não mandado procurar uma consulta particular.

A servidora  ainda informou que com seu próprio dinheiro comprou as injeções   no valor de R$ 75,00 (setenta e cinco reais) , mais os comprimidos  porque também não existia  na secretaria de saúde de Mantena  “Eu fiquei chateada por ser funcionária e não ter prioridade, o Dr. Jânio que é o secretário  chegou e viu e quando me encontrou em Barra de São Francisco no Pronto Atendimento ele me olhou  e vi que ele não gostou, mas, nem chegou perto de mim porque eu tinha falado que tinha ido atrás de um ortopedista. Gosto demais do Dr. Jânio , não tenho nada contra, mas eu acho que a saúde tem de ter uma mudança, principalmente para gente que tem muitos anos que trabalha na Prefeitura e não tem prioridade, este é um dos pontos negativos na saúde”, disse.

O radialista Rogério Faustino ouviu todas as reclamações confirmando que a saúde é um dever do estado  e afirmou que o Prefeito entregou  a pasta ao  secretário Dr. Jânio Assis  que não está dando conta do regado,  e a realidade é que ele não sabe administrar e só atende aos capachos “As pessoas não sabem administrar, só atende aos capachos, tem meia dúzia de capachos que estão sendo atendidos na hora, eu posso falar porque conheço os capachos” confirmando as denúncias que vem recebendo do povo.

A servidora Maria elogiou ao Prefeito João Rufino  e informou que existe muitas dificuldades pra marcar uma consulta e conseguir exames  na secretaria de saúde  complementando  “Tem de haver mudança na saúde ,  gosto demais do João Rufino , é uma excelente pessoa desde que ele foi vereador  ele trabalhava e sempre visitava a escola que a gente prestava serviço  não tenho nada a reclamar dele, mas, a secretaria de saúde precisa de mudança”, finalizando.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui