Miss do Paraná desaparece e polícia investiga se corpo foi carbonizado

0
71

Bruna Zucco, de 21 anos, foi vista pela última vez quando saía da faculdade, onde estuda psicologia. 

(foto: Reprodução/Facebook )
(foto: Reprodução/Facebook )

A polícia de Altônia, cidade do noroeste do Paraná, investiga o desaparecimento da miss Bruna Zucco, de 21 anos, desaparecida desde esta quinta-feira. Estudante de psicologia, Bruna não foi mais vista desde que saiu da faculdade. Um das linhas de investigação é o aparecimento de dois corpos carbonizados que foram encontrados dentro de uma caminhonete. A suspeita é de que Bruna seja uma das vítimas. 

A caminhonete incendiada foi encontrada por motoristas em uma estrada rural, próxima à PR-490. Segundo a Polícia Militar, não há informações sobre o que pode ter causado o incêndio.

Várias pessoas que tiveram contato com Bruna estão sendo ouvidas. A estudante desapareceu de madrugada quando estava na companhia do empresário Valdir Feitosa, de 31 anos, dono da caminhonete incendiada. A polícia aguarda o laudo pericial para atestar a identidade das vítimas.

A Delegacia de Altônia continua investigando o caso.