Triste realidade: Pedintes, bêbados e drogados  esvaziam a Feira de Artesanato e Gastronomia  em Mantena

0
190

Nesta quinta feira, (3), a Secretaria Municipal de Cultura já anunciou a Feira sem a apresentação de um musical, talvez uma tentativa  para que  diminua a presença destas pessoas que são atraídas  pelo movimento, porém ao esvaziar a Feira  torna-se sem sentido para os barraqueiros que trabalham com a Gastronomia. O que fazer? É triste, mas, a continuar assim pode acabar…

Sem solução para o problema o Secretário Municipal de Cultura Mauro Lúcio Pereira anuncia a Feira sem um cantor, talvez um prenúncio da situação do momento – Foto: Divulgação

Continua depois da publicidade

Para quem frequenta a  Feirinha todas as quintas feiras da semana  na Praça Central de Mantena  a situação  saiu do contexto da normalidade com aproximadamente  de dez a quinze pedintes, bêbados ou drogados atacando e exigindo dinheiro, comida ou bebida  e  aqueles que  vão para se divertir e passar uma noite de lazer com a família estão ficando acuados, amedrontados  e reféns e  não podendo enfrentar a situação  estão devagar  deixando  de  frequentar causando a cada dia o esvaziamento do evento  que  se não  for tomada nenhuma providência pelas autoridades competentes  brevemente já não vai mais existir em Mantena.

O Secretário Municipal de Cultura, Mauro Lúcio Pereira, tem acompanhado a situação e junto aos promotores e responsáveis pela Feira  não sabem que decisão tomar já que a Policia Militar não  pode retira-los das ruas e intervir na situação devido as muitas burocracias sociais e de justiça  que existem…  E se prender levar para onde? E se retira-los à força o que pode acontecer? Quem poderá intervir e mudar este panorama? Muitas perguntas estão sem respostas e o Jornalismo Mantena Online  acende a discussão visando a preservação da cultura municipal e a continuação da Feira de Gastronomia e Artesanato de Mantena.