Cultura: Quinta na Feira sem clima e  praticamente  vazia dá sinais de fim  em Mantena

0
156

Depois da matéria veiculada pelo jornalismo Mantena Online  evidenciando que  pedintes, bêbados e drogados  estavam esvaziando  a Feira de Artesanato e Gastronomia e diante do posicionamento do Secretário Municipal de Cultura, Mauro Lúcio Pereira, ao não promover a Feira com o cantor nesta quinta feira, (3),   o que se viu foi uma Feira vazia dando sinais de que se continuar assim vai mesmo  chegar ao fim em Mantena.

Quinta na Feira sem clima e  praticamente  vazia dá sinais de fim  em Mantena – Foto: Rogério Augusto

Continua depois da publicidade

O Jornalismo Mantena Online já vem acompanhando o declínio acentuado  da Feira de Gastronomia e Artesanato  há  quase um ano atrás quando com diversas publicações alertamos  para a situação que se desenhava  com a  falta de barracas e  profissionais do artesanato,  evidenciando também  as diversas  denúncias   tanto no crescimento  das brigas como também  de jovens envolvendo-se com drogas e sexo nas ruas  que cortam o centro da cidade  nas imediações da Feira.

Veja mais

https://www.mantenaonline.com.br/triste-realidade-pedintes-bebados-e-drogados-esvaziam-a-feira-de-artesanato-e-gastronomia-em-mantena/

A nova diretoria da Feira  juntamente com a Secretaria Municipal de Cultura  tem tomado algumas decisões tentando  dar um novo alento ao local como por exemplo a implantação de mesas e cadeiras  no lugar central da Praça Matriz  na tentativa de  aconchegar mais as famílias presentes, porém, muitos relatam que foi um tiro pela culatra porque quando  todos ficavam em pé  os pedintes, bêbados e drogados  não tinha um alvo certo e se misturavam com a população o que hoje não acontece…

“Eles chegam perto da mesa e pedem para pagar alguma coisa, se tiver alguma latinha na mesa eles tem a ousadia de balançar a latinha para ver se tá vazia ou não quando tem alguma coisa eles ficam ao lado das mesas até a pessoa terminar de beber o liquido enquanto não  pega a lata não sai de perto da mesa”, disse uma das responsáveis por uma barraca.

Esta mesma proprietária de barraca de gastronomia falou com o Jornalismo Mantena Online sem que gravássemos  entrevista  relatando que  a falta do cantor na Feira  já ocasionou uma  grande mudança…

“Quatro donos de barracas não vieram hoje, o povo também não compareceu, mas, três ou quatro daqueles que  tem importunado os clientes e proprietários de barracas estão presentes, tem dois anos que estou  na Feira e estamos sentindo   a cada quinta feira uma queda acentuada  do movimento continuando assim creio que não vai valer a pena  sair de casa para trabalhar. Mantena já não tem  nada para fazer e lugar nenhum para ir e se continuar assim a Feira vai mesmo acabar a não ser que  todas as autoridades competentes  se reúnam  e deem condições para continuarmos trabalhando,  trazendo os cantores e anunciando as atrações”, finalizou.