Desrespeito em BH: filho mantém mãe em cárcere privado por semanas por causa de fofoca

0
87

Polícia encaminhou suspeito e vítima para a Delegacia de Mulheres, que vai investigar o caso. Irmã da mulher confirmou a ocorrência.


Gabriel Ronan

Estado de Minas

A Polícia Militar encaminhou um homem à delegacia nesse domingo (3) sob a acusação de cárcere privado. O suspeito de 31 anos, segundo a corporação, mantinha a própria mãe, de 58, presa em casa há duas semanas no Bairro Ribeiro de Abreu, na Região Nordeste de Belo Horizonte.

Continua depois da publicidade

A polícia compareceu ao local na tarde desse domingo. Ao chegar, se deparou com a irmã da vítima. Ela contou que a mulher estava em cárcere privado e que o filho dela era o responsável pelo crime.

De acordo com a corporação, o suspeito confessou que deixou a mãe presa porque ela “conversava demais” sobre a vida da família, a popular fofoca.

O homem, segundo a PM, construiu um muro e trancou a mãe em casa, deixando-a sem a chave do portão. Ele, contudo, disse que não a privou de tomar banho e de se alimentar, versão confirmada pelas testemunhas e pela vítima.

O caso aconteceu na Rua Capitão Duarte. Os envolvidos foram encaminhados à delegacia. A Polícia Civil vai investigar a ocorrência.