Homenagem mais que merecida:  Banda Marcial de Mantena terá o nome do  Sr. Osvaldo Lino

0
154

Justa homenagem: O Projeto de Lei nº 023/2019 remetido  para Câmara Municipal pelo Prefeito João Rufino  da  nome à  Banda Marcial de Mantena, criada pela Lei Municipal nº 33 de 28 de dezembro de 2011, passa a denominar-se “Banda Marcial Sr. Osvaldo Lino”. 

Continua depois da publicidade

Em sua justificativa, o Prefeito João Rufino relatou que é uma honra enviar para Câmara Municipal  o Projeto alterando o nome da Banda Marcial  de Mantena,  que se dá em função do desejo externado  de homenagem que o povo Mantenense, especialmente,  aqueles amantes desse tipo de instrumental, pretende fazer ao cidadão que passou  por essa Terra Boa e aqui deixou impregnada a sua marca como Maestro  de uma das modalidades de conjunto instrumental.

Segundo relatos vindos dos mais antigos e encontrados em alguns manuscritos arquivados nesta cidade, a Cultura da Banda Marcial em Mantena, teve início nos anos de 1944. Uma história  de coragem, beleza, competência e persistência que chegou até agora, mantendo viva essa Cultura que agrada a tantos Mantenenses.

Sr. Osvaldo Lino com a companheira Dede – Fotos : Redes Sociais

Uma figura história de grande relevância para  discorrer dessa história foi o saudoso Maestro Sr. Osvaldo Lino, um Militar da reserva, que assumira a nobre missão de ensinar nas Escolas da cidade a arte da percussão.

O Sr. Osvaldo Lino , foi , seguramente, durante mais de 40 anos em Mantena, um dos mais exponenciais treinadores de bandas marciais, tendo dirigido algumas daquelas que foram formadas pelas diversas escolas da cidade. Não somente treinava, mas, também fazia escola, deixando varias de seus alunos como mestres nessa especialidade musical.

Um homem que se dedicou para Mantena, na foto histórica com o ex-prefeito Waldir Pereira da Silva e outros mantenenses ilustres

No decorrer da história, vários avanços foram alcançados, dentre eles, a criação da Banda Marcial Municipal, pela Lei complementar nº 033/2011, que também regulamentou a Banda Marcial, criando o seu Regimento e vinculando-a à Secretaria Municipal de Cultura.

Essa parceria entre a Diretoria da Banda e a Gestão da Secretaria de Cultura, propiciou no ano de 2013, um trabalho junto à Secretaria Estadual de Cultura de Minas Gerais, onde foi catalogada e inventariada a Banda Marcial Municipal de Mantena, na categoria Formas de Expressão, como Patrimônio Histórico Cultural de Mantena-MG.

Foi pensando nesses avanços e no início desse empreendimento, que data de mais de 70 anos passados que o Executivo propôs o Projeto, no intuito de homenagear um cidadão que passou por esta terra e aqui deixou as marcas de sua atuação na área cultural, mesmo sendo homem tão simples. A ele, além da nossa gratidão, deveriam também prestar-lhe a homenagem, nominando a atual Banda Marcial de Mantena com seu patronímico, como  demonstração de reconhecimento por seu trabalho prestado, muitas e na maioria absoluta das vezes, de forma voluntária e dedicada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui