Plantão: Dois homens são mortos  a facadas na Zona Rural de Mendes Pimentel

0
1360

No início desta quinta feira, (26),  um  homem conhecido como Gerci Gomes Alves (Perrengue) matou  a facadas   Daniel Santana de Souza e Marcos Alves Santana (Díbico)  no Córrego  Jacutinga na Zona Rural de Mendes Pimentel. Os corpos foram periciados e  removidos  para o IML – Instituto Médico Legal de Governador Valadares.

Dois homens são mortos  a facadas na Zona Rural de Mendes Pimentel – Foto: Redes Sociais/Internet

Continua depois da publicidade

Segundo Boletim de Ocorrência Policial   já  passava da meia noite de  quinta feira, (26),  quando  os policiais  foram  informados  sobre   um homicídio no  Córrego Jacutinga na Zona Rural de Mendes Pimentel se deslocando   imediatamente  para o local  quando depararam com o primeiro corpo  caído ao solo com  uma perfuração na região torácica acima do mamilo esquerdo já sem vida sendo a vitima identificada como Daniel Santana de Souza residente  no Córrego São José, local próximo aos fatos, e a cerca de 200 metros à frente  uma segunda vítima  também já sem vida caída ao solo, apresentado uma perfuração na região torácica entre os mamilos, além de uma perfuração no ante braço esquerdo, identificada como sendo Marcos Alves Santana, conhecido pela alcunha de “Dibico”.

No local onde foi encontrada a primeira vítima, Daniel, haviam duas motocicletas paradas em meio a estrada, sendo uma CG Titan cor preta, Placa MQA-6144 município de emplacamento cidade de Linhares – ES, que de acordo com as testemunhas seria de propriedade da vítima Marcos Alves Santana, e outra motocicleta marca Dafra, cor laranja, Placa MSH- 6653, município de emplacamento cidade de Baixo Guandu – ES, que foi informado pelas testemunhas que seria de propriedade de Gerci Gomes Alves, conhecido pelas alcunhas de “Perrengue” e “Nenzinho”, indivíduo este que estava em constante atrito com as vítimas, porém não foi localizado no local.

O  local foi isolado, sendo acionada a perícia  que realizaram os trabalhos de remoção dos corpos, sendo constatado ainda no local, que a vítima Daniel Santana de Souza, apresentava além da perfuração no tórax, mais outras duas perfurações nas costas na região lombar,  segundo o perito, todas as perfurações causadas nas duas vítimas teriam sido provocadas por objeto cortante, possivelmente uma faca. 

Diante das informações colhidas no local do crime,  sobre a rixa  entre os envolvidos , e devido  as evidências da possível autoria ser o indivíduo conhecido pela alcunha de “Perrengue”, os policiais  iniciaram  intenso rastreamento, em busca de mais informações que pudessem elucidar os fatos, onde todos os vestígios apontavam para “perrengue” como autor do delito.

O  autor após a prática do crime tentou  evadir do local do crime   com a motocicleta marca Dafra, cor laranja, não conseguindo devido ter perdido a chave a  alguns metros do local do crime e, devido a escuridão, não conseguiu encontrá-la, motivo pelo qual a motocicleta foi abandonada no local.

Durante as diligências, os policias foram   até a casa do possível autor, Gerci Gomes Alves (Perrengue), onde foram  informados pelo pai deste que o citado indivíduo, não havia dormido em casa, também não soube informar seu paradeiro, tendo ainda confirmado que este havia sim adquirido uma motocicleta marca Dafra, cor laranja, com as mesmas características da moto que estava abandonada no meio da estrada, no local do crime, e que seu filho, estava em constante conflito com as vítimas, e que teria sofrido diversas agressões por parte destas em datas passadas, tendo dito em muitas ocasiões, que iria se vingar das mesmas.

De posse das informações os policias se dirigiram  até o povoado do Córrego do Cento, local onde Gerci teria adquirido a motocicleta, onde foram  informados por testemunha  que realmente havia vendido a motocicleta que estava abandonada no local do crime para o indivíduo Gerci na data anterior ao ocorrido, por volta das 15:30 horas, pelo valor de 1.500,00 ( hum mil e quinhentos reais), e que “Perrengue”, esteve  em  no  “Bar do Agostinho”, isto por volta das 21:30 horas, horário antes do cometimento do delito, portando uma faca tipo peixeira, cabo de madeira, com aproximadamente 20 cm de lâmina, tendo em seguida montado na motocicleta  com as mesmas características e saído com a faca na cintura.

Após a conclusão de todas as diligências, ficou evidenciado a autoria do delito, como sendo de fato, Gerci Gomes Alves (Perrengue)   não foi localizado.

Os veículos encontrados no local do crime, foram apreendidos, por estarem diretamente ligados ao delito, sendo removidos para o pátio credenciado na cidade de Mantena.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui