Combinação de fatores agrava a ameaça de dengue em Mantena

0
190

Com a chegada do verão e a volta da época de chuvas, o risco de contágio da dengue retorna à Mantena. A dengue é uma doença viral transmitida principalmente pela picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti. Quando infectada, a vítima pode sentir uma série de sintomas como febre, dores de cabeça, tonturas e cansaço.

Continua depois da publicação

Preocupada a   população espera um posicionamento da Secretaria Municipal de Saúde quanto ao momento atualizado da situação em Mantena, Existe algum caso?  – Foto: Redes Sociais/Internet

Apesar de não termos as últimas informações atualizadas pela Secretaria Municipal de Saúde (O povo quer saber)  diante de muitas chuvas a dengue não deixa de ser uma doença preocupante. Isso também por causa da variante chamada “hemorrágica”, que pode matar no período de um dia após a infestação.


Prevenção

A maneira mais eficaz de se prevenir a doença é impedir o ciclo de reprodução do mosquito transmissor. O inseto coloca seus ovos apenas em acúmulos de água limpa, sendo essa a razão para ele ser tão frequente em épocas de chuva.

Muitos materiais podem se tornar propícios para o desenvolvimento larvas do mosquito como pneus velhos, caixas d’água, garrafas, calhas entupidas, vasos de flor e também recipientes jogados em lixo descoberto.

Outros fatores também podem favorecer a proliferação do mosquito da dengue como a antecipação da temporada de chuvas em relação a anos anteriores, e previsão de precipitações mais intensas, favorecendo a formação de criatórios e ondas de calor intercaladas com as primeiras chuvas, o que favorece a proliferação do mosquito transmissor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui