Caso Keila Emiliano: Dois anos após o crime, Justiça decide que acusado do assassinato vai a Júri Popular em Mantena

0
537

O Juri Popular que aconteceria na  quinta-feira (22), foi adiado para quinta feira, (5/11), em Mantena.  Após mais de dois anos do crime, o julgamento do acusado de ter assassinado a manicure Keila Emiliano, pessoa muito querida na cidade de Mantena que teve sua vida covardemente ceifada por quatro disparos à queima roupa. O julgamento, que deve se alongar pela noite, decidirá pela culpa do acusado e a pena que o mesmo deverá cumprir.

Caso Keila Emiliano: Dois anos após o crime, Justiça decide que acusado do assassinato vai a Júri Popular em Mantena -Fotos: Mantena Online./Redes Sociais

Continua depois da publicidade

Veja mais 

Depois de denuncia vereadores indignados revogam Projeto que concedia “Auxílio Paternidade” para os servidores municipais, veja os  depoimentos

O crime, ocorrido em maio de 2018, comoveu toda a sociedade mantenense principalmente pela forma que ocorreu não dando oportunidade de defesa à vítima e ocasionado supostamente por ciúmes de seu ex-marido.

O julgamento, que aconteceria na próxima quinta-feira (22), vai acontecer no próximo  dia 05/11  no Fórum da Comarca de Mantena sendo  aguardado com muita expectativa havendo manifestações pelas redes sociais de amigos e familiares pedindo que a justiça seja feita.

Devido às restrições impostas pela pandemia de coronavírus, o julgamento contará somente com a presença do Conselho de Sentença, formado por sete jurados sorteados, Ministério Público, Juiz de Direito, Advogados de Defesa, alguns poucos serventuários e cinco pessoas da família da vítima e do acusado.

Outras matérias 

Tristeza e muita emoção na despedida à jovem Keila

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui