Sobe para 114 casos suspeitos em investigação da Covid-19 em Mantena, 09 casos ativos com 04 pacientes internados  em UTI 

0
77

O Boletim Epidemiológico  desta terça-feira, (17),  já começa  a mostrar  o que realmente  poderia acontecer com as situações  ocorridas  durante a politica  com aglomerações de pessoas sem máscaras e sem atender  nenhum dos  cuidados essenciais e  requeridos no protocolo de saúde expedido pelo estado de Minas Gerais.

Sobe para 114 casos suspeitos em investigação da Covid-19 em Mantena, 09 casos ativos com 04 pacientes internados  em UTI – Foto: Mantena Online

Continua depois da publicidade

Veja mais 

Em eleição com quase 25% de abstenções João Rufino vence e continua prefeito de Mantena, Câmara se renova em 60%, relembre as promessas de campanha

Silêncio/04 em UTI 

Nesta terça feira, (17), o Município  através do Boletim Epidemiológico  apresentou um crescimento acentuado de quarta feira, (12), para terça feira, (17), de 82 para 114 casos suspeitos em investigação,  apesar de ter diminuído  os casos ativos de 13 para 10 temos 04 pessoas internadas em UTI – Unidade de Tratamento Intensivo e 01 pessoa internada em ala.  Ao todo Mantena tem hoje  118 pessoas em isolamento domiciliar, 04 pacientes internados em UTI – Unidade de Tratamento Intensivo  e 02 pessoas internadas em ala. 

Em silêncio o Município  não se manifestou na mídia  durante todo o  tempo que ocorreu a política e suas aglomerações    se limitando ao atendimento das pessoas possivelmente infectadas  e na  divulgação  dos resultados.

Talvez, quem sabe, agora que a política passou o secretário volte a se comunicar com a população ou evidenciando propagandas  pelas rádios contratadas  requerendo cuidados especiais neste momento em que o coronavírus aparentemente  cresce outra vez em Mantena. 

Outras matérias 

Qual a última vez que o secretário de saúde se pronunciou sobre o coronavírus ? Mantena retorna da onda verde para a onda amarela 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui