Justiça Eleitoral cassa diploma e decreta inelegibilidade de prefeito e vice de Nova Módica, veja a decisão  

0
159

O  Juiz Eleitoral  André Luiz Alves   julgou  parcialmente procedentes os pedidos formulados cassando os diplomas   e  decretando    a inelegibilidade por oito anos  dos investigados, Walter Júnior Ladeia Borborema e Jesus Inácio Ramos, prefeito e vice-prefeito eleitos em Nova Módica. 

Continua depois da publicidade

Veja mais 

Junte-se  você também a OAB-Mantena na Campanha de Doação de Cesta Básica  “A FOME NÃO FAZ QUARENTENA”, veja como 

As acusações 

Trata-se de Ação de Investigação Judicial Eleitoral ajuizada por  Raphael Sousa Martins e PODEMOS – Nova Módica/MG – Municipal em face de Walter Júnior Ladeia Borborema e Jesus Inácio Ramos eleitos para o cargo de prefeito e vice-prefeito de Nova Módica/MG    acusados de terem  praticado  abuso de poder econômico, por meio de transporte ilegal  de eleitores  e compra de votos, bem como abuso de poder político em razão de promessa de distribuição de lotes e ameaças a eleitores que já tinham sido contemplados com a doação, mas que não demonstrassem o apoio a eles no pleito.

Justiça Eleitoral cassa diploma e decreta inelegibilidade de prefeito e vice de Nova Módica, veja a decisão  

Outras matérias 

Secretaria de saúde   confirma  75 mortes pela Covid-19 em Mantena, + um óbito em investigação, veja boletim