Polícia Civil conclui investigação de homicídio ocorrido no bairro Pires de Albuquerque  em Mantena

0
151

O crime aconteceu dentro de uma casa, no bairro Pires de Albuquerque, onde a vítima foi assassinada com dois tiros “à queima roupa” no rosto. Três homens foram indiciados pelo crime de homicídio qualificado pelo motivo fútil e em razão de se utilizarem de emboscada, bem como recurso que dificultou a defesa da vítima.

Por ASCOM-PCMG /Divulgação

Polícia Civil conclui investigação de homicídio ocorrido no bairro Pires de Albuquerque  em Mantena
Continua depois da publicidade

Veja mais 

Excelente oportunidade para investimento;  terreno com 420m²,  uma casa  com 30 m² construídos,  entrada de Aldeia vindo de  Cuparaque, MG, veja as fotos, ligue agora… 

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu, na sexta-feira (24/9), as investigações que apuraram o homicídio ocorrido no dia 1º de novembro de 2020, que vitimou um homem, de 29 anos, em Mantena, no Leste de Minas. 

De acordo com as investigações, a vítima teria sido chamada até o local do crime por um adolescente, com o objetivo de consumir drogas em uma casa, juntamente com outras duas pessoas. A pessoa que teria dado a ordem ao adolescente para chamar a vítima já tinha conhecimento de que o crime seria praticado e colaborou com os executores. Ao chegar ao local, a vítima foi atingida com tiros de revólver calibre 32, por dois indivíduos, que fugiram em uma motocicleta.

Foi apurado que o suspeito, de 23 anos, teria dado a ordem ao adolescente para chamar a vítima até o local onde ela seria morta pelos executores do crime, de 22 e 24 anos. O homicídio teria sido motivado por desentendimentos e dívidas relacionadas ao tráfico de drogas na cidade.

Dois dos suspeitos já se encontram recolhidos junto ao sistema prisional em razão de outros crimes, e o terceiro suspeito está foragido da Justiça, com mandado de prisão em aberto.

Outras matérias 

Semana começa com apenas 09 casos ativos e sem nenhum suspeito em investigação  pela Covid-19 em Mantena, 63,22% com pelo menos a 1ª Dose Aplicada