Incêndio no centro de treinamentos da base do Flamengo deixa 10 mortos e três feridos

Corpo de Bombeiros confirma 10 mortes no Ninho do Urubu.

Reprodução/Twitter

Um incêndio deixou dez mortos e três pessoas feridas no Centro de Treinamento do Flamengo, em Vargem Grande, zona oeste do Rio, na madrugada desta sexta-feira, 8. Segundo os bombeiros, dez pessoas morreram e outras três foram levadas para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca.

Continua depois da publicidade

De acordo com informações da TV Globo, o alojamento abrigava adolescentes que jogavam nos times de base do Flamengo. Parentes estão no local em busca de informações.

Os bombeiros foram acionados às 5h17 da manhã. Entre os feridos, há um em estado grave. Por volta das 7h, as chamas foram controladas, mas ainda não há informações sobre quem são os mortos e a situação dos feridos. Imagens aéreas divulgadas pela TV Globo mostraram uma parte da área do CT completamente destruída por chamas.

“A gente tem o local, que é o alojamento, onde os jogadores da base do Flamengo dormiam. A identificação das vítimas será feita posteriormente pela Polícia Civil”, disse o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros Douglas Henaut à TV Globo.  “O que causou o incêndio só posteriormente pela perícia. Quanto aos óbitos que ocorreram, eles são jogadores da base do Flamengo. Mas a identificação destes óbitos a perícia vai averiguar”, afirmou.
Localizado em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, o Centro de Treinamento Presidente George Helal, conhecido como Ninho do Urubu, é utilizado tanto pelo time profissional quanto pelas categorias de base do Flamengo. Em 2018, inclusive, foi inaugurado um novo módulo profissional, que fez com que a área pré-existente fosse destinada às categorias de base.
O Ninho do Urubu é considerado um dos mais modernos Centro de Treinamento da América Latina, e um dos maiores do mundo e conta com um módulo profissional, dois campos, campo de treinamento para goleiros, além de outras estruturas.
O treinamento do time profissional do Flamengo nesta sexta-feira estava marcado inicialmente para às 9h30 (de Brasília). Entretanto, com os acontecimentos, a última atividade do elenco comandado por Abel Braga antes do clássico contra o Fluminense, pela semifinal da Taça Guanabara foi transferida para o período da tarde.