Minas Gerais: Jovem que estava desaparecida após pegar carona em Fabriciano foi encontrada morta em Ribeirão das Neves

Por G1 Vales


Jéssica Maria fez contato pela última vez com a irmã por volta das 12h30 de terça-feira (5) — Foto: Luciana Zulmira/Arquivo pessoal

Jéssica Maria fez contato pela última vez com a irmã por volta das 12h30 de terça-feira (5) — Foto: Luciana Zulmira/Arquivo pessoal

Divulgue seu empreendimento conosco – Mantena Online – o Site das letrinhas azuis – (33)999689473 – Anunciou-vendeu

A jovem de Coronel Fabriciano que estava desaparecida desde a última terça-feira (5) foi encontrada sem vida em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte. Jéssica Maria Finhodt, de 26 anos, saiu da cidade de carona e seguiu para BH; ela avisou à família que voltaria da capital mineira com o mesmo motorista, que conheceu através de um grupo de caronas em uma rede social. Na manhã desta quinta-feira (7), familiares de Jéssica reconheceram o corpo da jovem no IML de Betim.

Continua depois da publicidade

A perícia foi ao local onde o corpo foi encontrado, no Bairro Vereda, e identificou quatro marcas de perfuração de arma de fogo. Ela estava sem documentação, foi levada para o IML e o corpo será liberado para Coronel Fabriciano.

A autoria do crime e motivação serão investigadas.

Entenda o caso

A família de Jéssica Maria Finhodt registrou seu desaparecimento na terça-feira (5), data em que estava previsto seu retorno de Belo Horizonte para Coronel Fabriciano; Jéssica estava na capital mineira desde 27 de janeiro, quando teria ido visitar algumas amigas.

De acordo com a família, ela pegou uma carona com um motorista que conheceu em um grupo de uma rede social; na ida para BH combinou com ele de aguardar na rodoviária, e na volta para Coronel Fabriciano teria combinado com o mesmo motorista.

Familiares serão ouvidos e a polícia vai analisar imagens das câmeras de segurança da rodoviária de Belo Horizonte, local onde Jéssica teria sido vista pela última vez.