Morre vereador que estava em estado gravíssimo após ser baleado em São José do Divino, veja vídeo de autor confessando 

Fonte  G1 Vales de Minas Gerais/Adaptação Mantena Online


Mantena Online – O site das letrinhas azuis – anunciou -vendeu – (33) 999689473
Morreu no início da tarde desta segunda-feira (11), Ronildo Rodrigues dos Santos (PHS), vereador de São José do Divino, no Vale do Rio Doce. Popularmente conhecido como Maia, o parlamentar sofreu um atentado no último domingo (10) quando estava em uma fazenda. Ele foi atingido por três disparos de arma de fogo; um tiro acertou o braço e dois o peito.
Segundo a Polícia jovem de dezoito anos confessou o crime – Fotos: Rede Sociais
Mainha não resisitiu aos ferimentos e faleceu em Governador Valadares – Foto: Redes Sociais/Portal Vargem Grande

Maia foi encaminhado para o posto de saúde local e depois para o Hospital Municipal de Governador Valadares. Ele chegou em estado gravíssimo após os ferimentos e não resistiu aos ferimentos.

Jovem de 18 anos foi preso

Ainda no domingo, um jovem de 18 anos foi preso suspeito de ter efetuado os disparos contra o vereador. De acordo com a Polícia Militar, o jovem teria confessado que foi contratado para matar o parlamentar, recebendo R$ 2 mil pelo crime. O autor revelou ainda que dois homens, de 27 e 37 anos, foram os responsáveis por encomendar o crime; afirmou ainda que ouviu uma conversa entre os contratantes que indicavam outro vereador, Marcus Vinícius Lima (PPS), conhecido como Carioca, como mandante do crime.

Segundo relato do jovem, a motivação do crime seria passional, pois a mulher do mandante teria tido um relacionamento extraconjugal com a vítima. O vereador Carioca se apresentou voluntariamente no quartel da PM e negou envolvimento no caso, bem como afirmou confiança na fidelidade da esposa.

Veja mais 

Vereador de São José do Divino sofre tentativa de homicídio

Além do jovem apontado como autor, também foram presos o homem de 37 anos que encomendou o crime e ainda um jovem de 24 anos, que foi acusado de esconder a arma utilizada no atentado, que ainda não foi encontrada. O suspeito de 27 anos ainda não foi localizado. O caso será investigado pela Polícia Civil.

G1 não conseguiu contato com a Câmara Municipal de São José do Divino para informações sobre o velório do parlamentar até esta publicação.